Postagens

Mostrando postagens de Novembro 30, 2016

Economia e Política

Imagem
 POLÊMICO  Saiba o que mudou pacote anticorrupção aprovado pela Câmara Lei 4.850/16 prevê pacote de medidas contra a corrupção, entre elas a tipificação do caixa dois como crime eleitoral. Plenário da Câmara aprova texto base do projeto de lei que cria medidas contra a corrupção (PL 4850/16). (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil) Por ANA ELISA SANTANA, DA AGÊNCIA BRASIL em Brasília/DF A Câmara dos Deputados   aprovou em plenário , na madrugada de hoje (30), o Projeto de Lei 4850/16, que prevê um pacote de medidas contra a corrupção, entre elas a tipificação do caixa dois como crime eleitoral, a criminalização do eleitor pela venda do voto e a transformação em crime hediondo do ato de corrupção que envolva valores superiores a 10 mil salários mínimos. A proposta surgiu a partir de uma campanha feita pelo Ministério Público Federal intitulada Dez Medidas Contra a Corrupção. Na votação, no entanto, foram retiradas seis das dez medidas su

Trânsito

Imagem
 TRABALHOS DA SEMASA  Avenida Camões será fechada às 22h desta quarta para conserto de adutora Serviço deve durar até a madrugada desta quinta (1º). Agentes de trânsito irão isolar o local e orientar os motoristas. Foto: Divulgação   Por ASSESSORIA DO MUNICÍPIO DE LAGES Em Lages/SC A Secretaria Municipal de Águas e Saneamento (Semasa) comunica que o tráfego de veículos na avenida Luís de Camões, bairro Coral, estará interrompido às 22 horas desta quarta-feira (30), em frente à Escola de Educação Básica (E.E.B.) Rubens de Arruda Ramos, somente no sentido Parque de Exposições Conta Dinheiro, devido ao trabalho de reparação em uma adutora rompida no local. O serviço deve durar até a madrugada desta quinta (1º). Agentes da Diretoria de Trânsito (Diretran) irão isolar o local e orientar os motoristas. A previsão é de que o tráfego volte ao normal já na manhã desta quinta-feira. A Semasa agradece a compreensão da comunidade.

Esportes

 TRAGÉDIA NA COLÔMBIA  Governo de SC auxilia na identificação das vítimas do voo da Chape Acidente trágico vitimou 71 pessoas, entre elas atletas e comissão técnica da Chapecoense e profissionais da imprensa. Por RAFAEL VIEIRA ARAÚJO, DA SECOM/SC Em Florianópolis/SC O secretário executivo de Estado de Assuntos Internacionais, Carlos Adauto Virmond Vieira, informa, de Medellín, na Colômbia, nesta quarta-feira, 30, que já estão bem adiantados os trabalhos de identificação das vítimas do acidente aéreo com a delegação da Chapecoense – time do Oeste catarinense que iria disputar a primeira partida da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional de Medellín. No avião, também estava uma equipe de jornalistas brasileiros que iria cobrir a partida. O jogo seria nesta quarta-feira, 30, em Medellín.  “Pelo fato da aeronave não ter incendiado, o trabalho dos médicos legistas foi muito facilitado. Todos os corpos e seus passaportes foram recuperados”

Esportes

Imagem
 TRAGÉDIA NA COLÔMBIA  Velório coletivo de vítimas do acidente aéreo será na Arena Condá, em Chapecó Acidente trágico vitimou 71 pessoas, entre elas atletas e comissão técnica da Chapecoense e profissionais da imprensa. Arena Condá se transformou no ponto de reunião de torcedores, jogadores e parentes das vítimas que prestam homenagem à equipe que morreu no acidente. (Foto: Daniel Isaia / Agência Brasil)     Por DANIEL ISAIA, ENVIADO DA AGÊNCIA BRASIL Em Chapecó/SC A Prefeitura Municipal de Chapecó confirmou hoje (30) que o velório das vítimas do acidente aéreo na Colômbia será realizado na Arena Condá, estádio da Chapecoense. O dia e o horário da cerimônia ainda não estão definidos, já que depende da liberação dos corpos e do transporte ao Brasil. A chegada dos corpos no município do oeste catarinense está prevista para sexta-feira (2). Hoje à tarde, autoridades estiveram no estádio da Chapecoense para avaliar o espaço físico e planejar o veló

Esportes

 TRAGÉDIA NA COLÔMBIA  Presidente em exercício revela adesão de 13 mil sócios de fora de Chapecó Ivan Tozzo diz que aceita ajuda de outros clubes: “Não temos mais 11 jogadores para colocar em campo”. Por AMANDA KESTELMANN, DAVID ABRAMVEZT E DIEGO MADRUGA Em Chapecó/SC Ivan Tozzo, presidente em exercício da Chapecoense, revelou nesta quarta-feira que de ontem para hoje o clube ganhou a adesão de 13 mil sócios de fora da cidade.  - Nem nós sabíamos da grandeza do clube. Em 2005 o nosso clube era para fechar, cheio de dívidas. E conseguimos chegar a esse nível. Recebi telefonemas de clubes querendo vir para Chapecó para saber o que fizemos. A dimensão que a gente tem jamais alguém imaginou. De ontem para hoje 13 mil sócios quiseram se associar, todos de fora de Chapecó. Isso demonstra o trabalho que fizemos. Atualmente temos 9 mil sócios pagantes.

Esportes

Imagem
 TRAGÉDIA NA COLÔMBIA  Imprensa serrana presta homenagens às vítimas do acidente na Colômbia Profissionais realizaram homenagem na manhã desta quarta-feira (30) na frente da Catedral Diocesana de Lages. Foto: Fom Conradi / Divulgação Por PABLO GOMES, ESPECIAL em Lages/SC Profissionais de imprensa da Serra Catarinense se reuniram nesta quarta-feira, dia 30 de novembro, em um dos principais símbolos da região, a Catedral Diocesana de Lages, para prestar uma homenagem às vítimas da tragédia com o avião da Chapecoense. Dos 76 mortos no acidente, 21 eram jornalistas que viajavam à Colômbia para acompanhar um momento histórico do esporte de Santa Catarina e do Brasil.

Esportes

Imagem
 TRAGÉDIA NA COLÔMBIA  Copiloto da Avianca revela diálogo dramático de voo da Chape com torre Comandante de outro avião narra conversa da tripulação da Lamia com controladora sobre pane elétrica e falta de combustível. Aeronave pediu ajuda para achar a pista. Avião da Lamia caiu próximo ao aeroporto de Medellín (Foto: Agência Reuters) Por GLOBOESPORTE.COM no Rio de Janeiro/RJ Juan Upegui, copiloto de um avião que viajava próximo ao voo da Chapecoense, relatou ter ouvido a conversa entre a tripulação da aeronave acidentada e a torre de controle do aeroporto de Medellín. O funcionário da Avianca narrou o diálogo ( ouça o áudio ), e a empresa confirmou a veracidade.   Inicialmente, segundo o copiloto, a tripula ção do voo da Lamia pediu prioridade de pouso do Aeroporto Rio Negro por conta de problemas de combustível.  

Esportes

Imagem
 TRAGÉDIA NA COLÔMBIA  Sobrevivente do voo da Chape revela que luzes apagaram antes da queda Em conversa com o governador de Antioquia, Ximena Suárez conta que iluminação da aeronave desligou de forma gradual cerca de 50 segundos antes do acidente Ximena Suarez, com a camisa do The Strongest, sobreviveu ao acidente (Reprodução Site "Lamia") Por GLOBOESPORTE.COM em Chapecó/SC O governador de Antioquia, Luis Pérez, conversou no hospital com a auxiliar de voo Ximena Suárez, uma das seis sobreviventes do voo que caiu com a delegação da Chapecoense na última segunda-feira. De acordo com relato dela ao político, as luzes do aparelho apresentaram falhas pouco antes da queda. – O pouco que ela falou foi que as luzes começaram a desligar de forma gradual e que em 40 a 50 segundos ela sentiu a pancada. Ela se recorda até aí. É a única evidência que temos. Não podemos aumentá-la ou menosprezá-la para não atrapalhar a investigação – disse Pérez,

Esportes

Imagem
 TRAGÉDIA NA COLÔMBIA  Abaixo-assinado sugere renomeação da Sul-Americana para Copa Chapecoense Meta é atingir 50 mil assinaturas e documento será entregue à Conmebol, organizadora da competição. Foto: Divulgação Por LAGES DIÁRIO em Lages/SC De autoria de um paulista, um abaixo-assinado tem ganhado notoriedade em menos de 24 horas do trágico acidente que vitimou mais de 70 pessoas – a maioria da delegação da Chapecoense – na Colômbia na noite da última segunda-feira (28). Neste documento é sugerido à Conmebol que seja renomeada a Copa Sul-Americana para Copa Chapecoense e já conta com mais de 39 mil assinaturas. A meta é 50 mil.

Economia e Política

Imagem
 PEC 241  Senado conclui votação em 1º turno da PEC do teto dos gastos Senadores já haviam aprovado mais cedo texto-base da PEC no plenário. Proposta estabelece limite para gastos da União pelos próximos 20 anos. Por GUSTAVO GARCIA, DO G1 em Brasília/DF O plenário do Senado concluiu no início da madrugada desta quarta-feira (30) a votação, em primeiro turno, da Proposta de Emenda à Constituição 55, que estabelece um   limite para os gastos públicos   pelos próximos 20 anos. A PEC ainda precisa ser analisada em segundo turno, previsto para 13 de dezembro. O texto-base da proposta   já havia sido aprovado na noite desta terça   (29), mas, para concluir a votação, os senadores precisavam analisar três destaques (sugestões de alteração ao texto), que acabaram todos rejeitados. Um deles, por exemplo, excluía os investimentos em saúde e em educação de obedecer o teto.