Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Literatura

Feirinha de Artes e Artesanatos ocorre neste domingo na praça Joca Neves

Imagem
Dentre as atrações terá as apresentações de Aline Amorim, Gupanish MC e a banda So What, além de apresentação teatral do Grupo Menestrel Faze Dô, e aulão de Yoga com a colunista do Lages Diário, Nay Fava. 

Livro sobre Daniel Lucena terá lançamento em Lages no Casarão Juca Antunes

Imagem
A obra é do lageano Felipe Rigon Borba e conta histórias do compositor. 

Gilberto Gil é eleito para a Academia Brasileira de Letras

Imagem
Cantor e compositor foi eleito com 21 dos 34 votos possíveis. 

Dia Nacional do Livro: hábito da leitura aumentou na pandemia

Imagem
Mercado passa por momento de alta após crise de vendas na pandemia. 

Professor lageano lança livro contando o desenvolvimento de Lages

Imagem
Lenilson Maia realiza resgate histórico sobre a historiografia lageana na formação das elites locais. 

Fundação Cultural apoia trabalho literário de Vera Regina Ramos

Imagem
Aos 83 anos de idade, Vera Regina Ramos Almeida lança seu primeiro livro com memórias da infância na Coxilha Rica. 

Vereadora Suzana Duarte sugere que Município volte a realizar o Salão do Livro da Serra Catarinense

Imagem
Criado na gestão do antecessor de Antonio Ceron, o Salão do Livro teve a sua última edição realizada em 2017. 

LUTO: Morre Névio Fernandes, um dos principais nomes do jornalismo catarinense

Imagem
Vítima de um infarto, "Seu Névio" como era conhecido se dedicou às letras, além de jornalista também era escritor. Parte de sua vida foi escrevendo colunas para o extinto Correio Lageano. 

Morre no Rio, o jornalista e escritor Artur Xexéo, aos 69 anos

Imagem
Colunista do jornal 'O Globo' e da GloboNews, foi autor de livros como "Janete Clair: a usineira de sonhos" e "Hebe, a biografia". 

Com conteúdo acessível, Rádio Projeto Releituras “toca livros” para pessoas com dificuldade de leitura

Imagem
O objetivo é ampliar a oferta de conteúdo acessível às pessoas cegas e de baixa visão, assim como para quem possui dificuldade de leitura. 

Dia do Leitor: falta de acessibilidade é desafio para formar leitores

Imagem
Brasil perdeu 4,6 milhões de leitores entre 2015 e 2019.  Por LETYCIA BOND da AGÊNCIA BRASIL São Paulo/SP Foto: Cultura RJ / DIVULGAÇÃO O Brasil conta com 100,1 milhões de leitores, em um universo de mais de 200 milhões de habitantes, e esse grupo vem diminuindo com o passar do tempo. De acordo com a última edição da pesquisa  Retratos da Leitura no Brasil , feita com dados de 2019, registrou-se uma diferença de 4,6 milhões de pessoas em relação a 2015. Os resultados da pesquisa, elaborada pelo Instituto Pró Livro e o Itaú Cultural, lembram alguns dos entraves para se manter o hábito de leitura no país, que voltam à tona em datas como a comemorada hoje (7), Dia do Leitor. A celebração é uma homenagem à fundação do jornal cearense O Povo, que foi criado em 7 de janeiro de 1928, pelo poeta e jornalista Demócrito Rocha. Além do valor dos livros, que os tornam artigo de luxo para os mais pobres, e da correria do dia a dia, que acaba dificultando o hábito da leitura, ainda faltam recursos d

Saga de Harry Potter completa 20 anos no Brasil

Imagem
Sucesso mundial, Harry Potter ainda figura entre os livros mais vendidos. Por MARIANA TOKÁRNIA da AGÊNCIA BRASIL , Brasília/DF 📷 Amanda Perobelli / Reuters Iane Filgueiras tinha 13 anos quando devorou em três dias as 700 páginas do livro  Harry Potter e a Ordem da Fênix , o quinto de sete volumes da saga escrita pela britânica J. K. Rowling. “Eu gostava de ler, mas nunca tinha lido algo tão grande”, diz a jornalista. “Me incentivou bastante a não ter medo de livros grandes.” Hoje, com 30 anos, Iane faz parte da geração que cresceu junto com o bruxo, que a cada livro tinha um ano a mais, e que, junto com ele, tomou gosto pela leitura. “A minha mãe chegou a falar que ia me proibir de ler, porque eu ia tomar banho e levava o livro, eu estava comendo e lia o livro, precisava saber o que ia acontecer.”  Em abril, Harry Potter completou 20 anos no Brasil, contados desde que os livros foram traduzidos e chegaram às livrarias nacionais. Atualmente, o país é o sétimo me

Um poeta sertanejo contra o coronavírus

Imagem
Sebastião fez sua primeira poesia aos 22 anos no dia das mães de 1962 e hoje faz sucesso nas redes sociais com uma poesia dedicada ao combate à pandemia. Por FABRÍCIO FURTADO da FCL, Lages/SC 📷 Fabrício Furtado / FCL Ainda que para alguns artistas 22 anos de idade possa parecer tarde para iniciar uma carreira nas artes, para o lageano nascido em fazenda, Sebastião Araujo Godoi (80), a inspiração nunca chega tarde. Em visita ao superintendente da Fundação Cultural de Lages, Giba Ronconi, ele conta que fez sua primeira poesia em 1962 para homenagear a sua mãe e a sogra pela passagem do dia das mães daquela época, e depois disso, a poesia fez parte da sua vida, sempre associando as palavras ao estilo sertanejo. Sebastião fez carreira no rádio com programas do mesmo tema das suas escritas. Em 1966 partiu para Curitiba para cuidar de um filho doente. Sem trabalho, investiu o pouco que tinha para comprar um horário na rádio Tapajós em São José dos Pinhais, onde apr

Fórum de Lages é cenário de eventos sobrenaturais em livro de estagiário

Imagem
“Apenas me observe” foi lançado há poucos dias pelo escritor Érico Lang, estagiário da 2ª Vara Criminal da comarca de Lages. Por TAINA BORGES do NCI/TJSC, Lages/SC          📷 Taina Borges / NCI-TJSC        A sétima obra solo escrita por Érico Lang, estagiário da 2ª Vara Criminal da comarca de Lages, tem o Fórum como cenário de eventos sobrenaturais. “Apenas me observe” foi lançado há poucos dias e conta a história de um advogado criminalista que recebe informações de um gato relacionadas ao desaparecimento de uma menina de 12 anos. Todos os livros do escritor têm no enredo fatos que envolvem o direito. O romance ocorre em Lages e foi ambientado no Fórum. Durante a narrativa aparecem salas de audiência e sessão do Tribunal do Júri, por exemplo. Depois de conseguir a soltura de um preso, o defensor Vinicius Abdalla recebe a visita de uma gata preta chamada Vida. O animal traz informações de que uma menina está desaparecida. Ele decide investigar e confirma o sumiço

Incentivo à leitura, desperta interesse e resulta em premiação

Imagem
O aluno do primeiro ano de Medicina da Uniplac, Eduardo Henrique Bondarczuk, se destacou durante todo o ano, ficando em primeiro lugar no empréstimo e leitura de livros. Por LUAN TURCATI da CNU, Lages/SC 📷 Jary Carneiro / CNU O objetivo inicial era comemorar o Dia Nacional do Livro e promover durante todo o mês de outubro um evento, chamado Caça Livros. Mas o aluno do primeiro ano de medicina da Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac), Eduardo Henrique Bondarczuk, se destacou no evento e durante todo o ano, ficando em primeiro lugar no empréstimo e leitura de livros. Na manhã dessa sexta, 06, Eduardo recebeu das mãos do Reitor Kaio Amarante, o prêmio de destaque. Na tentativa de incentivar os acadêmicos e a comunidade com a prática da leitura, a biblioteca da instituição promoveu o Caça Livros, espalhando balões com frases para chamar a atenção dos visitantes. O interessado escolhia a sua frase e pegava o livro que chamava mais atenção. Durante o evento, es

2º Festival Literário de Correia Pinto traz grandes nomes da literatura nacional

Imagem
Festival ocorre entre os dias 28 e 31 de agosto com entrada gratuita. Por LD , Lages/SC 📷 Divulgação No próximo dia 28 de agosto, inicia em Correia Pinto , o 2ª Festival Literário de Correia Pinto (Flicop) que tornará a cidade da Serra Catarinense conhecida como “Capital do Papel” em a “Capital do Livro e da Literatura”. Nomes renomados da literatura nacional estão entre as atrações principais do evento que segue até o dia 31 de agosto e com entrada gratuita. ::: Siga o LD no Instagram O festival que chega a sua segunda edição e já considerada uma das maiores do Estado trará escritores com passagens pelos principais festivais literários do País e do mundo, com livros premiados – e alguns que se tornaram filmes e séries, entre os escritores estão: Guilherme Fiúza, Luiz Ruffato, Daniel Munduruku e Julián Fuks. O 2º Flicop também contará com a realização de palestras, entre elas, a ministrada por Emílio Finger com o tema “Gestão do Coração” que já comoveu mai

Ponto de Leitura recebe 140 títulos da literatura Pulp fiction

Imagem
Famosa nos anos 60, coleção que narra as aventuras da espiã Brigitte Montfort agora está disponível no Ponto de Leitura no Terminal Urbano no sistema “Pegue e Leve”. Por FABRICIO FURTADO da FCL, Lages/SC 📷 Fabricio Furtado / FCL O Ponto de Leitura, Rita de Cássia Proença, localizado no terminal urbano de Lages é mais um dos equipamentos culturais da Fundação Cultural de Lages (FCL). O local recebe a orientação da equipe da Biblioteca Pública, Carlos Dorval de Macedo, e tem um grande acervo catalogado e à disposição dos usuários dos coletivos. Uma das seções do Ponto de Leitura é o sistema “Pegue e Leve”, onde os leitores podem levar para casa um número limitado de livros. “A intenção é motivar a leitura e compartilhar as edições que por questões técnicas não podem ficar no acervo”, informa a responsável pelo Ponto de Leitura, Neuciane Oliveira. Coleção de 140 títulos clássicos de Pulp Fiction Luciana Ortiz é frequentadora assídua do Ponto de Leitura e foi a r

Literatura lageana presente no Recanto do Pinhão Aracy Paim

Imagem
Ler é uma forma de abrir os olhos para o mundo. O stand da Associação Lageana dos Escritores (ALE) é um dos mais visitados do Recanto do Pinhão. Por RAUL ARRUDA FILHO da ASCOM PML , em Lages/SC 📷 Toninho Vieira / ASCOM PML Com origem nos anos de 1980, através da lendária revista “O Carretão”, a ALE tem se firmado no cenário literário do município através de uma série de eventos, cursos e rodas de leitura. Tendo o propósito de divulgar os escritores lageanos (natos e adotados) e promover a integração com as diversas correntes culturais do município, a ALE reúne diariamente, em seu stand, parte da intelectualidade para conversas e troca de ideias que possam, em algum momento, fomentar a cultura local. Estão à venda no stand da ALE algumas das publicações mais importantes da atual safra de escritores lageanos. São livros de vários gêneros e temáticas: poesia, prosa, infanto-juvenil, antologias. Também estão disponíveis diversos títulos de autores consagrados como Pa

Baseado em conto internacional, história recontada trata de adoção e perda do poder familiar

Imagem
“Lorena” é a terceira obra do estagiário da 2ª Vara Criminal da Comarca de Lages, Érico Lang, e teve como inspiração o conto “A pequena vendedora de fósforos”. Por TAINA BORGES do TJ-SC COMARCA DE LAGES, em Lages/SC   📷 Taina Borges / TJ-SC Comarca de Lages Escrito por Hans Christian Anderson, o conto “A pequena vendedora de fósforos” foi a inspiração para “Lorena”, terceira obra do estagiário da 2ª Vara Criminal da comarca de Lages, Érico Lang. O romance traz questões de adoção e perda do poder familiar no enredo, e um final feliz para a história original. No conto de Hans, uma menina muito pobre era obrigada pelo pai a vender fósforos. Se não voltasse para casa com o dinheiro, ele o espancaria. Na última noite do ano, a pequena não conseguiu vender, acendeu um a um na tentativa de se aquecer em um noite gelada de neve. A criança não aguentou e morreu com um feixe de fósforos queimados na mão. A primeira parte da história é contata da mesma forma no romance

“Leia Mulheres Lages” será nesta sexta-feira (25) na Biblioteca Pública Carlos Dorval de Macedo

Imagem
Encontro debaterá a obra de Raquel de Queiroz “As Três Marias”. Por FABRÍCIO FURTADO da FCL, em Lages/SC 📷 Arquivo / Academia Brasileira de Letras Nesta sexta-feira (25 de janeiro), a partir das 19h, a Biblioteca Pública Municipal Carlos Dorval de Macedo recebe a ação “Leia Mulheres”, que objetiva encontros com leitoras para discussões sobre obras literárias. Nesta primeira edição, Raquel de Queiroz foi a escritora escolhida e o livro de estudo é “As Três Marias”. Raquel de Queiroz foi cronista, romancista, jornalista e tradutora de grandes escritoras da literatura mundial como Jane Austen, Emily Brontë e Agatha Christie. Uma das grandes características de Raquel de Queiroz é o regionalismo e protagonismo de mulheres em suas obras. “O “Leia Mulheres” é coordenado por Mayra Ghizoni e Nina Severo. Elas farão a mediação do evento. Segundo as organizadoras, além de fortalecer a literatura feita por escritoras de todos os lugares do mundo, o clube atua ativamente