Lageanos estarão no ‘Caldeirão do Huck’ no quadro ‘The Wall’

Programa vai ao ar neste sábado, 23, a partir das 15h30.

Do LD,
Lages/SC

📷 Reprodução / TV Globo

A Serra Catarinense está em evidência e prestigiada na Globo. Nesta sexta-feira, 21, a região foi mostrada para todo o Brasil no ‘Globo Repórter’ e neste sábado, 22, será a vez de uma dupla de mãe e filho lageanos estarão participando do programa “Caldeirão do Huck” no quadro “The Wall”.


A dupla lageana é formada por Ana Cristina Wiggers e Ronald Wiggers, eles têm um comércio de salgados, o Salgados Wiggers, que fica localizado no bairro Caça e Tiro, na zona Leste de Lages.

A novidade foi contada por eles nesta sexta-feira, 21, nas redes sociais da empresa. “Então gente, estávamos guardando esse segredo à sete chaves mas agora já podemos revelar... Amanhã nós estaremos participando do quadro the wall [sic] no Caldeirão do Hulk [sic] à partir das 15h30. O que será que rolou, hein? Contamos com vcs! Amanhã todo mundo ligado na Globo à partir das 15e30!!! #salgadoswigersthewall


Sobre o “The Wall”

O “The Wall” é um quadro do “Caldeirão do Huck”, que na tradução livre quer dizer “A parede”. Sempre é disputado em dupla, mas a dupla não se enfrenta, eles enfrentam a parede e o jogo é dividido em três fases para tentar sair com o maior prêmio possível, valor que pode chegar a R$ 1,7 milhão.

O quadro é de perguntas e respostas, sendo que na primeira fase os participantes respondem juntos à cinco perguntas formuladas pela parede. Cada acerto a bola fica verde e é lançada do topo da parede para recipientes com valores pré-definidos e forma uma “poupança” até o fim do quadro. Para cada erro, a bola fica vermelha e o valor é subtraído do total.

Na segunda fase do quadro, um dos participantes vai para um cabine de isolamento dentro da parede enquanto o outro fica no palco com Luciano Huck e define onde as bolas serão lançadas nas raias que ficam no topo da parede que vai do 1 a 7. A parede formula a pergunta para o participante isolado, se ele acertar, a bola fica verde, mas caso erre, a bola fica vermelha.

Na terceira fase, os valores variam de R$ 1 a R$ 150 mil, mas a dinâmica é basicamente a mesma da segunda fase. Perguntas são feitas pela parede, mas o participante que tem no palco terá nove bolas para lançar. São três bolas verdes, três bolas brancas e três bolas vermelhas. As bolas vermelhas serão sempre lançadas das mesmas posições que as bolas verdes. No fim da rodada, a dupla terá um saldo total do que foi conquistado no palco.

No fim do quadro, o participante que está em isolamento recebe um “contrato” onde ele decide se assina ou rasga. Aquele valor conquistado na primeira fase com a parede e mais R$ 3 mil por cada resposta certa. Se assinar, ele recebe o valor conquistado na primeira fase. Caso rasgue, ele receberá o valor acumulado nas outras duas fases, o que pode chegar até R$ 1,7 milhão como também pode ter zerado.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’