Postagens

Mostrando postagens de Julho 7, 2020

Madeira de árvores derrubadas pelo ciclone podem ser usadas no reparo dos danos

Imagem
Em caráter excepcional, a norma, elaborada pelo Instituto do Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina (IMA), levou em consideração a necessidade de material de construção, em especial de madeira, para reparos e reconstrução de moradias e outros locais.                                               Por CLAUDIA XAVIER do IMA, Florianópolis/SC 📷 Julio Cavalheiro / SECOM O Conselho Estadual de Meio Ambiente de Santa Catarina (Consema) aprovou nesta terça-feira, 7, uma resolução que autoriza o aproveitamento da madeira das árvores derrubadas ou danificadas pelo ciclone extratropical ocorrido no estado em 30 de junho. Em caráter excepcional, a norma, elaborada pelo Instituto do Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina (IMA), levou em consideração a necessidade de material de construção, em especial de madeira, para reparos e reconstrução de moradias e outros locais. Com a aprovação da norma, é possível remover ou utilizar este material lenhoso de menor custo, das p

Governo do Estado amplia atendimento aos municípios e entrega de itens de assistência humanitária

Imagem
As solicitações de apoio ainda estão sendo encaminhadas ao Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres (CIGERD).                                               Por FLÁVIO VIEIRA JÚNIOR da ASCOM DEFESA CIVIL DE SANTA CATARINA, Florianópolis/SC 📷 Defesa Civil /Divulgação O Governo do Estado, por meio da Defesa civil de Santa Catarina (DCSC), realizou um trabalho intenso nos últimos dias para atender todos os municípios atingidos pelo ciclone bomba que afetou 208 municípios catarinenses. Até o momento já foram liberados 91,8 mil itens de assistência humanitária no valor de R$ 1,84 milhão. As solicitações de apoio ainda estão sendo encaminhadas ao Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres (CIGERD). Logo após a chegada das demandas dos municípios, os itens são entregues em até 24 horas. “Nossa maior preocupação foi preparar as cidades afetadas para a chegada do novo ciclone nesta terça-feira”, comentou o Chefe da DCSC, João Batista Cordeiro