Espaço alia interatividade e muita pesquisa histórica para oferecer uma nova experiência aos visitantes.

Por VALMOR MANOEL do SCC,
Florianópolis/SC

📷 Divulgação / SCC/SBT

O Sistema Catarinense de Comunicações inaugura, neste dia 26 de agosto, um novo e moderno espaço em seu prédio, em Lages, para contar a sua história e os acontecimentos mais importantes da comunicação na serra catarinense. O Memorial do SCC integra o calendário de ações em comemoração aos 80 anos do grupo fundado por Carlos Joffre Amaral. O espaço construído pelo SCC estará aberto ao público a partir do dia 27 de agosto, possui acessibilidade para portadores de necessidades especiais e a visitação deve ser agendada com antecedência através do telefone (49) 3221-3000.

O Memorial do SCC é um verdadeiro resgate da história, pois é resultado de uma intensa pesquisa histórica, que contou com o empenho de diversos profissionais e cujo resultado poderá ser conferido por toda a comunidade catarinense. Para Roberto Amaral, presidente do SCC, o Memorial é um importante investimento do Sistema Catarinense de Comunicações na preservação de sua memória e um presente para a população. “A essência de toda empresa de comunicação está em sua proximidade com a comunidade e no impacto social que ela gera. O SCC sempre contou com um grande capital social, seja por meio da nossa responsabilidade ou mesmo por estar diuturnamente levando informação e entretenimento aos lares catarinenses. A inauguração do nosso Memorial é um marco para a comunicação em Santa Catarina e no Brasil, afinal, todo investimento realizado em conhecimento e cultura produz impactos muito positivos no nosso processo civilizatório”.

Além de todo o conteúdo histórico, no Memorial do SCC os visitantes irão encontrar vídeos, áudios, projeções, entre outros recursos tecnológicos que proporcionam uma nova forma de conhecer a história. Para Roberto Dimas Ribeiro do Amaral, vice-presidente de produto do SCC, este será um espaço único em Santa Catarina. “O Memorial será um local de celebração e resgate da história, mas também de interação com as novas tecnologias, afinal, a inovação sempre foi um dos nossos pilares. O Grupo SCC ajudou a escrever a história da comunicação no Brasil e em Santa Catarina, por isso, é nosso dever valorizar essa caminhada de sucesso, reconhecendo também a comunidade que sempre esteve junto conosco ao longo dessas oito décadas”.

Carlos Amaral, vice-presidente de mercado do Grupo SCC, ressalta o crescimento do Sistema Catarinense de Comunicações ao longo dessas oito décadas. “Nossa história começa com a chegada de Carlos Joffre à cidade de Lages. De um pequeno alto falante na praça, nos tornamos um dos mais modernos e competitivos grupos de comunicação do país.  A história do SCC é a história de superação que tão bem reflete a identidade da nossa gente. Superamos grandes desafios para alcançarmos o patamar em que estamos e continuaremos seguindo essa trajetória sendo conduzidos pela ética, responsabilidade e pelo compromisso de contribuir para o crescimento do nosso Estado e do povo catarinense”.

Sobre o Sistema Catarinense Catarinense de Comunicações:

Trabalhando em fábrica de rádios em São Paulo, Carlos Joffre Amaral foi enviado, em 1939, à Lages para consertar os, recém adquiridos, aparelhos de rádio que apresentavam defeitos de fabricação. Decidiu ficar em definitivo e logo em seguida instalou alto-falantes na principal praça da cidade. Através desse sistema, inovador para época, eram transmitidas notícias nacionais e internacionais, além de músicas e recados à população. Assim nascia “A Voz da Cidade”. Com a popularização dessas transmissões, Carlos Joffre funda, em 25 de agosto de 1947, a Rádio Clube de Lages, uma das pioneiras na comunicação catarinense.

O SCC se consolidou como o grupo de comunicação que mais cresce no Sul do Brasil e, atualmente, é composto pelo SCC/SBT; pelas Rádios Clube e Massa FM Lages; a Rádio Gralha, em Urubici; a DITEC; o Animazoo e a Fundação Carlos Joffre. O Sistema Catarinense de Comunicações está presente no dia-a-dia das famílias catarinenses e se prepara para o futuro investindo em tecnologia, estimulando a inovação e exercendo cotidianamente o seu propósito de fazer comunicação com paixão e por missão de vida.