Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 18, 2018

Reaberto há sete meses, mais de 150 idosos celebraram o encerramento das atividades do CCI

Imagem
O evento contou com apresentações de ballet da Escola de Artes e também com distribuição de lembranças natalinas por parte da equipe gestora do CCI que retoma as atividades em fevereiro de 2019. Por DANIEL COSTA da ASCOM PML, em Lages/SC 📷 Daniel Costa / ASCOM PML Com direito ao tradicional baile da tarceira idade, na tarde desta segunda-feira (17 de dezembro), mais de 150 idosos participaram da confraternização de encerramento das atividades do Centro de Convivência do Idoso (CCI) Dom Oneres Marchiori. Situado na rua Cláudio Galeno, bairro Várzea, o CCI está sob administração da Secretaria de Assistência Social e Habitação, através da Diretoria de Proteção Social Básica. Após uma série de reformas, o espaço foi reaberto em maio deste ano e atualmente atende cerca de 160 pessoas por semana, oriundos dos territórios de abrangênciados Centros de Referência de Assistência Social (Cras). De acordo com Ana Paula Jeting, coordenadora do CCI há quatro meses, em parceria

Serviço de drenagem em córrego e implantação de 12 galerias em rua do Guarujá resolverão problema depois da enxurrada de sábado

Imagem
“Estamos em alerta com a meteorologia e agimos para prevenir eventuais dores de cabeça à população. Nossas máquinas e trabalhadores estão em diversas partes de Lages. Com a extensa dimensão do território urbano do município não é possível estar em muitos lugares simultaneamente, por isso elencamos as demandas mais graves”, Claiton Bortoluzzi. Por DANIELE MELO da ASCOM PML, em Lages/SC 📷 Toninho Vieira / ASCOM PML Em vistoria ao bairro Guarujá, na manhã desta segunda-feira (17 de dezembro), em pontos atingidos pela forte enxurrada momentânea provocada pelo temporal de sábado (15), o secretário de Planejamento e Obras, Claiton Bortoluzzi, tomou uma medida emergencial para atenuar e solucionar o impasse, além de ter monitorado partes críticas pela cidade no final de semana. O alto volume de água da chuva, com acúmulo rápido perto de 40 milímetros em menos de uma hora, estrangulou o sistema de drenagem pluvial no Guarujá, que não suportou a carga e falhou, tendo sua efic