Postagens

Mostrando postagens de Novembro 1, 2019

Ceasa em Lages tem o apoio da classe política e da população. Falta a decisão governamental

Imagem
Ceasa conta atualmente com três unidades no Estado, nas cidades de São José, Blumenau e Joinville. Por EVERTON GREGÓRIO da CÂMARA LAGES, Lages/SC 📷 Aline Borba / Câmara Lages A opinião é unânime: receber em Lages uma Central de Distribuição de Alimentos, que é o que define um Ceasa, seria bom para o produtor, o empresário e, principalmente, para quem tem fome. Gera movimentação de renda, criação de empregos diretos e indiretos, maior facilidade e redução de custos com o transporte do alimento produzido ou comprado não só para os municípios da serra, como para o meio-oeste e a região oeste, também distantes dos centros de distribuição existentes: São José, Blumenau e Joinville. Mas para tudo isso deixar de ser um desejo, um sonho, existe o desafio da operacionalização deste serviço, como a disponibilização de um terreno, estudo de viabilidade técnica, além da decisão governamental. “Com certeza é muito importante, vai trazer renda para os colonos, para os mercados

Marajoara lotado em mais uma noite de Lages Melhor

Imagem
Segunda noite de apresentações dos núcleos mostrou shows de violão, ballet e street dance. Por FABRÍCIO FURTADO da FCL, Lages/SC 📷 Fabrício Furtado / FCL Com apenas três anos de vida, o Programa Lages Melhor contabiliza mais de 700 alunos matriculados praticando desenho, danças, canto, violão e no curso de manequins e modelos em 10 comunidades espalhadas pela cidade. Os números são tão expressivos que a Prefeitura de Lages, através da Fundação Cultural e a Escola de Artes Elionir Camargo Martins programou duas noites para contemplar as apresentações ensaiadas durante todo o ano por instrutores e alunos. Os shows de fim de ano dos núcleos do Lages Melhor são esperados ansiosamente não só por quem orienta e se apresenta. As famílias fazem grandes caravanas das suas comunidades para lotarem o Marajoara e aplaudir em pé o que é mostrado no palco do teatro. Na primeira noite, quarta-feira (30 de outubro), apresentaram-se alunos dos cursos de Canto e Coral,  ballet e