Postagens

Mostrando postagens de Julho 5, 2019


Serra do Rio do Rastro registra neve fraca, diz Climaterra

Imagem
Imagens de câmeras de videomonitoramento na Serra mostram alguns flocos caindo.  Por LD *, em Lages/SC 📷 Reprodução / Twitter O engenheiro agrônomo, do site Climaterra , Ronaldo Coutinho, confirmou na noite desta sexta-feira (5) que as imagens de câmeras de videomonitoramento localizadas na Serra do Rio do Rastro, entre os municípios de Bom Jardim da Serra e Lauro Müller, esta última no Sul do Estado, são de neve. As informações foram divulgadas pelo portal São Joaquim Online . De acordo com o portal, as imagens foram confirmadas pelo engenheiro agrônomo através de uma rede social na qual ele confirma que o que ocorreu no local era neve de forma fraca e que perto do horário da ocorrência do fenômeno fazia algo em torno de -3ºC na região. Conforme o vídeo mostrado pelas Câmeras da Serra do Rio do Rastro e devido a atmosfera estar completamente congelada, as imagens são de neve fraca.... A temperatura no momento estava perto de -3ºC pic.twitter.com/NuKH4Xopfn

Empresas serranas de peso são os novos reforços do Inter de Lages

Imagem
É um grupo de dez empresas que agora também mostram suas marcas no uniforme do clube na disputa da série B do Campeonato Catarinense. Por ASSESSORIA DO INTER DE LAGES, em Lages/SC O Inter de Lages acaba de fechar uma série de novos reforços para a disputa da Série B. Os nomes não são de jogadores, mas também entrarão em campo com a equipe: trata-se de um grupo de dez empresas serranas, que decidiram abraçar o clube na briga pelo retorno à elite do estadual. Disman, Favorita, Lafi Cosméticos, Madeireira Rodrigues, Myatã, NDD, Óptica Mondadori, Supermercado Martendal, Tortelli Autopeças e Tortelli Motores são as empresas que passam a exibir suas marcas na camisa colorada na temporada. E o time de reforços já mostrou ser pé quente: em sua estreia no uniforme do Inter, na última quarta-feira, o Colorado Lageano derrotou o Fluminense de Joinville por 1 a 0. O acerto com os novos parceiros é resultado direto do apoio ao clube dado pela Câmara de Dirigentes Lojistas

Confirmada a terceira morte de macaco por febre amarela no Estado

Imagem
A confirmação foi feita pela Dive e a morte ocorreu no último dia 31 de maio. . Por LD , em Lages/SC 📷 Genilton José Vieira / Fiocruz A Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive) confirmou nesta sexta-feira (5), a terceira morte de macaco causada pelo vírus da febre amarela em Santa Catarina. O animal morreu em Indaial, no Vale do Itajaí, no dia 31 de maio. Segundo a bióloga da Dive, Renata Gatti, é importante reforçar que os macacos não transmitem a febre amarela, mas vítimas da doença. “Eles são vítimas da doença e sinalizam a circulação do vírus na rgião. Por isso, ao encontrar um macaco doente ou morto, a Secretaria Municipal de Saúde deve ser comunicada imediatamente”, salienta Renata. O órgão ainda informa que após a confirmação da morte do animal é aberto um raio de 300 metros, a partir do local do óbito para procurar pessoas que não tenham sido vacinadas contra a doença. Em Indaial, a vacinação de casa em casa já inicia neste fim

SC abaixo de zero: sexta-feira amanhece com temperaturas negativas

Imagem
Urupema registrou mínima de -5ºC e sensação térmica de -25ºC no Morro das Antenas. No mirante do Morro da Igreja, em Urubici, a sensação chegou a -27ºC. Por LD , em Lages/SC 📷 Árvore congelada em São Joaquim. (Foto: Wagner Urbano / Notiserra SC) O amanhecer desta sexta-feira (5) em Santa Catarina foi mais uma vez de temperaturas baixas, principalmente na Serra Catarinense onde temperaturas abaixo de zero foram novamente registradas e que aliadas aos ventos chegou a registrar sensação térmica de -25ºC no Morro das Antenas, em Urupema, e de incríveis -27ºC no mirante do Morro da Igreja, em Urubici. A cidade de Urupema foi novamente a de menor temperatura do dia no Estado, com mínima de -5ºC no alto do Morro das Antenas. Lá ocorreu um dos fenômenos mais belos e também raros da natureza, o sincelo, que é quando o nevoeiro ao entrar em contato com a superfície da vegetação ou de objetos, congela e forma cristais de gelo. Ao menos cinco cidades da Serra Catarinen