O anúncio foi feito através de nota oficial na qual também relata que ‘não teve briga’. Em 2020, Skank fará uma turnê para celebrar os 30 anos de carreira.

Lages/SC


📷 Maurício Santos / LD Comunicação

Uma notícia pegou o mundo da música e os fãs espalhados por todo o Brasil e o mundo – inclusive este que vos escreve – de surpresa. A banda mineira Skank anunciou que irá fazer uma “pausa” sem previsão de retorno ao fim de 2020.  

::: Anuncie sua empresa no Lages Diário

O anúncio foi feito através de nota oficial onde informa que “em meio a uma série de ondas aparentemente perfeitas, os músicos resolveram fazer uma pausa e irem para a praia testarem-se fora da única formação que conheceram desde que se juntaram para fazer um som em 1991”.

A nota ainda esclarece que “não teve briga nem nada que pesasse para uma decisão figadal. Somente um desejo por experimentação, por correr riscos e buscar outras formas de realização sem ser como Skank”, diz o comunicado.

Em 2020, a banda irá fazer uma turnê para comemorar os 30 anos de carreira, com datas a serem anunciadas em janeiro. Também deve lançar o álbum “30 hits”, com uma faixa inédita.

Skank pode ter feito o último show em Lages em 2019

📷 Maurício Santos / LD Comunicação

Skank é uma das bandas que mais subiram ao palco da Festa Nacional do Pinhão – um dos maiores eventos de Santa Catarina – e em 2019, provavelmente pode ter sido o último show do grupo em Lages – já que foi anunciada a pausa para o fim de 2020.

A banda se apresentou em uma noite dedicada ao pop rock e ao reggae com shows do Skank, Armandinho e do Capital Inicial, e o público pode aproveitar e curtir cada minuto da apresentação de Samuel Rosa e companhia com sucessos da turnê “Os três primeiros” trazendo os maiores sucessos da banda e que ainda contou com uma breve participação especial de Dinho Ouro Preto – vocalista do Capital Inicial – que viria a se apresentar na sequência.

O público curtiu, cantou e dançou, os hits de “Garota Nacional”, “É uma partida de futebol”, “Esmola”, “Pacato Cidadão”, “Jackie Tequila”, entre outros, neste que foi uma das principais apresentações da banda na Festa do Pinhão – talvez um “prenúncio” de que esta poderia ser a última apresentação do grupo antes da separação.