Fundação Cultural de Lages disponibiliza edital de credenciamento para instrutor de artes


Instrutores já podem formalizar credenciamento para orientar cursos na Escola de Artes Elionir Camargo Martins e Projeto Lages Melhor.

Por FABRICIO FURTADO da FCL,
em Lages/SC

📷 Fabricio Furtado / FCL

O edital de credenciamento para Instrutor de Artes em Geral foi disponibilizado ao público nesta segunda-feira (14 de janeiro) nos sites da Prefeitura de Lages no endereço lages.sc.gov.br campo “Editais”, e na página da Fundação Cultural de Lages (FCL) em cultura.lages.sc.gov.br também no campo “Editais”.

Os interessados em uma vaga para instrutor de artes deverão fazer o download do edital e atentar principalmente para a relação dos documentos exigidos e os prazos estipulados. Para quem não tem acesso à internet, o edital pode ser retirado na sede da Fundação Cultural de segunda a sexta-feira, das 13h às 19h, na recepção.

O edital para instrutores em geral disponibiliza vagas para as modalidades de: artes cênicas, artes plásticas, atividades áudio visuais, dança, literatura e música. No texto, o candidato deve estar atendo para a lista de documentos exigidos e o prazo estipulado para formalizar a inscrição.

Para o superintendente da FCL, Giba Ronconi, tanto a Escola de Artes quanto o Projeto Lages Melhor tem atendido uma parcela significativa de pessoas que desejam aprender e fazer artes e cultura. “Fechamos o ano de 2018 com mais de 800 pessoas fazendo cursos na escola de artes e mais de 500 nos polos do Lages Melhor espalhados pela cidade. O instrutor é parte fundamental nesse processo. No fim do ano, os alunos já terão participado de diversas apresentações como foi no Natal Felicidade, por exemplo, sempre com a orientação e ideias concebidas durante o aprendizado nas aulas”, opina.

Serviço:

O quê: Edital de credenciamento para instrutores de artes para Escola de Artes Elionir Camargo Martins e Projeto Lages Melhor;
Onde: Sites da Prefeitura de Lages (lages.sc.gov.br) campo “Editais” e site da FCL (cultura.lages.sc.gov.br)



Nenhum comentário