Serão apresentadas 16 composições, sendo que quatro serão eliminadas para que as três primeiras e a música mais popular da 19ª Sapecada da Serra Catarinense entrem para a final que ocorre amanhã.

Por LD,
em Lages/SC

📷 Maurício Santos / LD Comunicação

Um dos maiores festivais de música nativista do Brasil inicia a sua 27ª edição na noite desta segunda-feira (17) no palco nativista da 31ª Festa Nacional do Pinhão. É a Sapecada da Canção Nativa que irá reunir grandes nomes da música nativista e gauchesca defendendo suas composições. Ao todo serão 16 músicas apresentadas e destas 12 avançam para a final que ocorre nesta terça-feira (18), final esta que receberá ainda as três melhores colocadas e a música mais popular da 19ª Sapecada da Serra Catarinense.


As 16 composições que serão apresentadas nesta segunda-feira (17) serão sete milongas, três zambas, três chamarras, uma chimarrita, uma chamarrita e, uma querumana.

Confira as 16 classificadas para as eliminatórias e suas respectivas fichas técnicas:

“A Zamba que fiz pra ti”
Letra: Rogério Villagran
Música: Kiko Goulart
Ritmo: Zamba
Guitarras e voz: Kiko Goulart, Maicon Oliveira e Vitor Amorim
Guitarrón e voz: Ricardo Bergha
Piano: Daniel Dante
Bandoneon: João Paulo Deckert

“Oitava Rima”
Letra: Rogério Pereira Ávila
Música: Leonel da Silva Gomes
Ritmo: Chimarrita
Intérprete: Leonel Gomez
Guitarrón: Marcelo Holmos
Violão: Daniel Cavalheiro
Acordeon: Marcelo Nunes

“Rastros do Tempo sobre o Chão da Alma”
Letra: Eron Vaz Mattos
Música: Cristian Camargo
Ritmo: Milonga
Intérprete: Joca Martins
Violão: Marcello Caminha
Violino: Pedro Kaltbach
Baixo: Lucas Esvael
Piano: Nilton Junior
Bandoneon: João Deckert

“Penacho”
Letra: Felipe Ugoski Bacchieri
Música: Fabiano Bacchieri
Ritmo: Chamarra
Intérprete: Fabiano Bacchieri
Violões e voz: Matheus Chagas Simões, Jorge Pereira Jr., Everson Maré, Richard Cunha e Gabriel de Oliveira Extremera.
Gaita de botão: Alissom Barcelos Veiga

“Cinco e Meia da Manhã”
Letra: Edilberto Teixeira
Música: André Teixeira
Ritmo: Milonga
Intérprete: André Teixeira
Violões e vocais: Roberto Borges e Pedro Terra
Baixo: João Marcos “Negrinho Martins
Gaita Botoneira: Ricardo Comassetto
Violão aço: Luciano Fagundes

“Milonga de Cruzar o ano”
Letra: Francisco Brasil
Música: Kiko Goulart
Ritmo: Milonga
Interpretação: Quarteto Coração de Potro
Guitarras e vozes: Maicon Oliveira, Kiko Goulart e Vitor Amorim
Guitarrón e voz: Ricardo Bergha

“O Princípio do Fim”
Letra: Sergio Carvalho Pereira
Música: Marcelo Oliveira de Oliveira
Ritmo: Milonga
Intérprete: Marcelo Oliveira
Guitarron: Cristian Camargo
Violão Aço: Quinto Oliveira
Violoncelo: Lucas Duarte
Autor Letra: Sérgio Carvalho
Baixo: Juliano Gomes
Acordeon: Aluísio Rockembach

“Retrato Crioulo”
Letra: Anomar Danubio Vieira
Música: Rogério Melo
Ritmo: Chamarrita
Interpretação: César Oliveira e Rogério Melo
Violão base: Rogério Melo
Violões solo: Maikell Paiva e Marcello Caminha
Gaita: Luciano Maia
Percussão: Rafa Martins
Contra baixo: Gilnei Oliveira

“Noite Escura”
Letra: Rogério Pereira Ávila
Música: Leonel da Silva Gomes
Ritmo: Zamba
Intérprete: Leonel Gomez
Violão e voz: Daniel Cavalheiro
Guitarrón: Marcelo Holmos

“Tordilha Canha Branca”
Letra: Rafael de Oliveira Ferreira e Leandro Reginini Godinho
Música: José Renato Daudt
Ritmo: Chamarra
Interpretação: Cesar Oliveira e Rogério Melo
Cordeona Botoneira: Marcelinho Nunes
Cordeona: Luciano Maia
Baixo: Gilnei Oliveira
Percussão: Rafa Martins
Violão: Maykell Paiva

 “La vem vindo o Zé das Lavras”
Letra: Rogério Villagran
Música: Cristian Camargo
Ritmo: Chamarra
Intérprete: Nilton Ferreira
Guitarrón: Cristian Camargo
Violões: Pedro Terra e Roberto Borges
Acordeon: Aluísio Rockembach
Baixo: Lucas Eavael

“Cercadito”
Letra: Marcos Antunes (Xiru) e Sergio Carvalho Pereira
Música: Fabiano Bacchieri
Ritmo: Milonga
Intérprete: Fabiano Bacchieri
Violão: Everson Maré
Recitado: Xirú Antunes

“Guarany”
Letra: Marco Antunes (Xiru)
Música: Fabio Peralta
Ritmo: Zamba
Intérprete: Loma
Violão e voz: Fábio Peralta
Violão: Igor Mastroiani
Flauta: Texo Cabral
Recitado: Xirú Antunes
Contrabaixo: João Marcos Negrinho Martins

“Se foram pra outro Pago”
Letra: Evair Suarez Gomez e Paulo Henrique Teixeira de Souza
Música: Juliano Gomes
Ritmo: Milonga
Intérprete: Marcelo Oliveira
Violão: André Teixeira
Guitarrón: Quinto Oliveira
Flauta baixo: Daniel Zanotelli
Violino: Pedro Kaltbach
Baixo: Juliano Gomes

“Caboclo de Fato”
Letra: Adair João Palombo
Música: Francisco Fernandes dos Santos
Ritmo: Querumana
Violão e voz: Francisco Fernandes dos Santos
Voz e Viola Caipira: Adair João Palombo
Percussão (Cajón): Fabio Henrique dos Santos

“Primeiro Canto – A Tocaia”
Letra: Rafael Machado
Música: Rafael Puerta e Arthur Boscatto
Ritmo: Milonga
Vozes: Arthur Boscato, Felipe Silveira e Rafael Puerta
Gaita: Ricardo Comasseto
Violão: Neuro Junior
Violino: Israel Dutra
Violoncelo: Riccieri Luis
Recitado: Rafael Machado