Em Lages, governador vistoria as obras do Hospital Nossa Senhora dos Prazeres

O investimento do Governo do Estado é de R$ 7 milhões, e está sendo repassado de acordo com o andamento da obra. 

Por Elisabety Borghelotti da SECOM

📷 Governador vistoria obras do HNSP. (Foto: JULIO CAVALHEIRO / SECOM)

LAGES — O governador Carlos Moisés iniciou seu roteiro pela Serra Catarinense, na manhã desta quinta-feira, 9, com a vistoria e inspeção das obras do Hospital Nossa Senhora dos Prazeres (HNSP), em Lages. A estrutura, prevista para ser entregue em dezembro do próximo ano, contará com 10 novos leitos de UTI e a reforma de outros 10 existentes. Com as melhorias, a unidade aumentará o número de cirurgias, em especial de neurocirurgia e cirurgia cardíaca, além de facilitar o acesso de pacientes que muitas vezes aguardam na emergência à espera de um leito intensivo. O investimento do Governo do Estado é de R$ 7 milhões, e está sendo repassado de acordo com o andamento da obra.


“Me sinto muito à vontade e feliz em fazer essa visita neste importante hospital. Uma unidade filantrópica parceira e que será ainda mais, para que possamos continuar os atendimentos e diminuir o sofrimento das pessoas. A prioridade é salvar vidas. Os homens e mulheres públicos têm que estabelecer diálogos para fazer as melhores entregas aos catarinenses. Esse é o nosso grande objetivo aqui. Também seguimos trabalhando firme no enfrentamento da pandemia, e tudo o que está sendo realizado vai servir para fortalecer ainda mais a saúde”, enfatizou Carlos Moisés.

O secretário da Saúde, André Motta Ribeiro, que acompanhou a vistoria, destacou que o Governo do Estado tem trazido como meta ofertar mais serviços para a sociedade catarinense. “Aqui, é um exemplo. Com recursos próprios, o Governo do Estado fez o seu papel, pagando uma dívida milionária da saúde. Estamos investindo em custeio, obras, reformas, ampliações e equipamentos. Vamos continuar com as parcerias, para oferecer um atendimento cada vez mais de qualidade para a população.”

Ele lembrou que, desde o ano passado, o hospital ativou 20 novos leitos Covid e recebeu ventiladores pulmonares e monitores multiparâmetros entregues pelo Governo do Estado. A unidade também participa da nova Política Hospitalar Catarinense e deve ofertar novos serviços futuramente.

O presidente do hospital, Ronny Albert Westphal, salientou que a conclusão das obras é aguardada há muito tempo e é de extrema relevância para salvar vidas e oferecer um maior número de procedimentos cirúrgicos que demandam tratamento intensivo. “Os leitos existentes hoje já não atendem às necessidades.

A obra vai ao encontro da evolução da saúde na Serra Catarinense. A ampliação deve trazer o benefício que a população aguarda. Vai evitar que nossos pacientes precisem se deslocar por longas distâncias, para procurar auxílio. O atendimento perto de casa faz com que o diagnóstico, o tratamento e a reabilitação alcancem um resultado de saúde de sucesso. Isso é o desejado e o que buscamos.”

O prefeito de Lages, Antônio Ceron, agradeceu ao governador pelo andamento da obra e reforçou que a estrutura vai ampliar os serviços oferecidos para toda a população. “A parceria com o Governo do Estado tem sido muito importante para que Lages continue se desenvolvendo. E na saúde, para que todo cidadão tenha um atendimento de qualidade na saúde próximo de casa.”

A visita ao hospital foi acompanhada pelo subchefe da Casa Civil, Juliano Chiodelli, pela diretora do hospital, Andreia Maria Berto, pelo secretário Executivo da Comunicação, João Cavalazzi, pelo secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Luciano Buligon, pelo assessor especial da chefia do executivo, Frederick Rambusch, pelo assessor do governo na Serra Catarinense, Lucas Neves, e pelo secretário municipal da Saúde, Claiton Camargo, além de vereadores e demais autoridades.

Referência para Lages e Serra Catarinense

O Hospital Nossa Senhora dos Prazeres atende mais de 350 mil pessoas de Lages e da região Serrana. A unidade conta atualmente com 154 leitos; destes, 10 são de UTI geral e 20 de UTI Covid.

É referência em alta complexidade em neurocirurgia, ortopedia e trauma, cirurgia cardíaca; possui unidade de AVC e emergência.

Atende as especialidades de clínica médica, ortopedia e traumatologia, neurocirurgia, gastroenterologia clínica e cirúrgica, nefrologia, urologia, neurologia, cardiologia, cirurgia geral e cirurgia vascular, com atendimento a urgências e emergências 24 horas. É referenciado para traumas, Infarto Agudo do Miocárdio (IAM), Acidente Vascular Cerebral (AVC) e outras patologias que impliquem em risco de vida. O hospital é filantrópico, integrante da Associação Mãe da Divina Providência.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog