Argentina deve perder por W.O por abandono de partida contra o Brasil, diz especialistas

Segundo advogados especializados em direito esportivo, a Argentina decidiu não voltar à campo para continuar o jogo sem os quatro jogadores que estariam irregulares no Brasil. 

Do LDesportes

📷 Anvisa interrompeu a partida entre Brasil e Argentina após quatro jogadores argentinos não terem cumprindo os protocolos sanitários vigentes no Brasil. (Foto: MARCELO ZAMBRANA / AGIF)

LAGES — A Argentina deveria perder por W.O. por abandono de partida contra o Brasil na tarde deste domingo (5) avaliam especialistas no direito esportivo. A situação se dá após a Anvisa ter entrado em campo ordenando a paralisação imediata da partida devido a presença de quatro jogadores argentinos que deram declaração falsa de saúde ao mentirem que não estiveram no Reino Unido nos últimos 14 dias — os quatro atuam na Inglaterra — e não cumprirem quarentena de 14 dias ao entrarem no Brasil, em notório descumprimento dos protocolos sanitários brasileiros. 

Logo após a interrupção da partida, os jogadores da Argentina voltaram ao vestiário da Neo Química Arena, em São Paulo, e de lá não voltaram mais ao campo. Segundo especialistas, advogados que atuam no direito esportivo ouvidos pelo blog Lei em Campo, do UOL, afirmam que a Argentina descumpriu o regulamento das Eliminatórias da Copa e que isso pode configurar abandono de partida, o que daria vitória da Seleção Brasileira por W.O. (3 a 0). 

Segundo Jean Nicolau, colaborador do blog Lei em Campo e advogado especializado em Direito Internacional do Esporte explica que o "art. 5 regulamento da FIFA sobre as eliminatórias fala em força maior (Argentina de alegar isso). Se não aceito esse argumento, Código Disciplinar da FIFA: se não for caso maior, WO, multa de 10 mil francos suíços, mas não acredito em chance de exclusão das eliminatórias", destaca. 

Já na avaliação de João Paulo Di Carlo, advogado especializado em direito esportivo, na partida deveria ser "aplicado W.O (3 a 0) e multa de 10 mil francos suíços para a federação argentina, sem prejuízo de outras medidas disciplinares. Isso está previsto nos artigos 14 e 20 do Código Disciplinar da FIFA". 

Segundo o jornal Clarín, da Argentina, afirma que a Conmebol estaria avaliando que quem perdesse os pontos deveria ser a Seleção Brasileira e não a Argentina, pois teria ocorrido invasão do campo de pessoas não autorizadas, ou seja, os agentes da Anvisa. 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog