Vereadores solicitam que Vigilância Sanitária realize fiscalização no transporte coletivo de Lages

Pedido feito através de Moção Legislativa, é para que a empresa que presta o serviço em Lages seja fiscalizada se está cumprindo as regras de distanciamento para evitar a propagação do coronavírus, conforme decreto vigente. 

Do LD 

📷 Registro feito por uma passageira em um dos ônibus do transporte coletivo de Lages. (Foto: REPRODUÇÃO / REDES SOCIAIS)

LAGES — Em sessão na Câmara de Vereadores de Lages nesta terça-feira (24) foi aprovada a Moção Legislativa nº 0394/2021 que solicita que seja realizada a fiscalização no transporte coletivo de Lages, por parte da Vigilância Sanitária de Lages para averiguar se o decreto vigente que determina sobre o distanciamento social no transporte público, afim de evitar a propagação do coronavírus, está sendo cumprido no Município. 


A matéria de autoria da vereadora Elaine Moraes (Cidadania) com associação dos vereadores Suzana Duarte (Cidadania), Leandro do Amendoim (PL), Nei Casa Nossa, Bruno Hartmann e Gabriel Córdova, ambos do PSL, e Jair Junior (Podemos), solicita que o setor de Vigilância Sanitária, através de sua diretora Karen Christina Azeredo, "fiscalize, nos horários de pico, compreendidos entre às 07:00h e às 08:00h, entre às 12:00h e às 13:00h, entre às 13:00h e às 14:00h e entre às 18:00h e às 19:00h, se a empresa concessionária do transporte coletivo de Lages está observando a capacidade máxima dos ônibus utilizados, nos termos do decreto vigente, aplicado ao caso, no que se refere ao distanciamento, por conta da Covid-19", destaca o documento. 

📷 Vereadora Elaine Moraes é a proponente da matéria que teve a associação de outros seis vereadores. (Foto: NILTON WOLFF /CÂMARA LAGES)

A Moção ainda observa que a fiscalização seja realizada entre segunda e sexta-feira, durante todo o curso de uma semana. 

Diariamente, fotos circulam nas redes sociais denunciando as constantes lotações nos ônibus da empresa que presta este serviço no Município. Desde o retorno do transporte coletivo em junho de 2020, a empresa está com horários reduzidos e menos linhas e ônibus em circulação se comparado ao período pré-pandêmico. 

Requerimento aprovado solicita informações à empresa

Na mesma sessão, a Câmara de Lages aprovou o Requerimento nº 0189/2021, também de autoria da vereadora Elaine Moraes, que solicita informações ao diretor da empresa Transul, empresa prestadora do serviço de transporte público em Lages, Humberto Arantes. Na matéria, a vereadora explica que "considerando a grande redução de horários nas linhas do transporte coletivo e ainda que a retomada das atividades enseja, na maioria das vezes, a retomada do emprego", encaminha os seguintes questionamentos: 

Com quantos empregados conta, hoje a empresa Transul? 

Quantas demissões houve no período da Pandemia da COVID-19? 

Quais linhas estão em funcionamento, hoje, e em quais horários? 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog