Acadêmicos de Engenharia Civil e Arquitetura podem participar do Projeto Madeira Solidária, da Prefeitura, e entrega de kits lenha acontecerá nos dias 6 e 7 de agosto

Será concedida emissão de declaração de horas extracurriculares aos ingressos, indispensáveis para a conclusão da formação. Interessados deverão procurar informações adicionais por telefone (49) 3019-7477 ou 3019-7479 da Defesa Civil. 

Por DANIELE MENDES DE MELO da ASCOM PML 

📷 Projeto Madeira Solidária. (Foto: DIVULGAÇÃO)

LAGES — Idealizado pela prefeitura de Lages, através da Defesa Civil, o Projeto Madeira Solidária entrou em uma nova etapa e foi planejado para, entre outras motivações, atender reformas de residências com a finalidade de amenizar os efeitos do inverno rigoroso para famílias econômica e socialmente vulneráveis de Lages. E, para alcançar êxito, o engajamento de universitários será bem-vindo pela Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Comupdec).

A Defesa Civil está recrutando acadêmicos dos cursos de graduação em Engenharia Civil e Arquitetura de diversificadas instituições, a partir da 5ª fase, para a prestação de serviços junto ao setor técnico do Projeto, com entrega de declaração de horas extracurriculares aos ingressos, indispensáveis para a conclusão da formação. Os interessados deverão procurar informações adicionais por telefone: 3019-7477/3019-7479.

Esta união de esforços tem como meta o cumprimento do segundo tempo do Projeto Madeira Solidária, em que haverá a doação de madeiras de tamanhos amplos a serem aplicadas em pequenas reformas de residências de famílias de baixa renda, e para tal objetivo houve cadastramento prévio, em julho. As doações deverão iniciar ainda neste mês de agosto, posteriormente à avaliação das edificações, pelos técnicos da Defesa Civil e acadêmicos.

Critérios

O requisito de avaliação (acompanhamento) para esta distribuição é o grau de risco oferecido pelas condições estruturais da moradia, analisada pelo departamento de Engenharia Civil da Defesa Civil, bem como averiguação da necessidade de cada família reivindicadora. Depois da constatação de enquadramento nos critérios, as madeiras são disponibilizadas diretamente nas casas. Este trabalho de repasse pela Defesa Civil será executado até que o estoque de madeiras esteja esgotado. O Projeto Madeira Solidária é promovido pela prefeitura de Lages/Defesa Civil e apoiado pelas empresas Berneck, Bosch Soluções Industriais e Intecnial S.A. Soluções Integradas. “Convidar os estudantes de faculdades torna o Projeto ainda mais substancial e sólido. Os acadêmicos irão colaborar com os profissionais técnicos da Defesa Civil no trabalho de verificação das casas para então haver a aplicação do material nos reparos em residências precárias de pessoas hipossuficientes”, comenta o secretário executivo da Defesa Civil, João Eduardo da Silva Pacheco (Sargento Pacheco).

Repasse dos kits lenha nesta sexta e sábado

A Defesa irá contribuir com a comunidade também a partir da doação de kits de lenha prontos. As entregas dos kits lenha irão começar nesta primeira semana de agosto - sexta-feira, dia 6, e deverão seguir até o sábado (7), pela manhã e tarde, contemplando 46 bairros e loteamentos, de acordo com o cronograma. Estes kits foram montados no depósito na sede da Defesa Civil, situada no Terminal Rodoviário Dom Honorato Piazera, bairro Universitário.

Você conhece? 

O Projeto Madeira Solidária consiste em uma parceria firmada entre a Defesa Civil e a empresa Berneck, com seu parque industrial em construção à margem da rodovia BR-116, próximo ao limite entre Lages e Capão Alto. A Berneck separou e encaminhou mais de seis toneladas de materiais (seis mil quilos) à prefeitura, destes, dois mil quilos foram repassados aos bairros Habitação e Passo Fundo para os seus moradores.

Dividido em dois estágios, o Projeto tem como sua primeira fase o direcionamento de peças de madeira para serem utilizadas como lenhas pela comunidade lageana, distribuídas a associações de moradores, a exemplo as dos bairros Habitação e Passo Fundo, e imediata destinação às famílias conforme conhecimento de sua realidade. A segunda etapa significa o repasse de kits lenha apropriadamente montados dentro de pacotes, cuja entrega dependeu de cadastro prévio junto à Defesa Civil em meados de julho.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog