Tóquio 2020: Brasileira Ane Marcelle avança e encara mexicana no Tiro com Arco

A carioca somou 636 pontos e terminou a classificatória na 33ª posição entre as 64 atletas. Ela encara na fase eliminatória, a mexicana Ana Vazquez, que terminou na 32ª colocação. 

Do LDesportes

📷 Ane Marcelle durante a disputa na fase classificatória do Tiro com Arco. (Foto: MIRIAM JESKE / COB)

TÓQUIO/JAP — Realizada no Campo de Tiro Asaka, em Tóquio, teve início nesta quinta-feira (22) — horário de Brasília — manhã de sexta-feira (23) no Japão, as competições do Tiro com Arco e tirando o favoritismo da Coreia do Sul que terminou a fase classificatória dominando com os três primeiros lugares e batendo recordes, o Brasil também garantiu uma vaga na fase eliminatória com Ane Marcelle, 27, que somou 636 pontos ficando na 33ª colocação entre 64 atletas.


A atleta natural do Rio de Janeiro somou 636 pontos, um ponto a menos do que ela havia registrado em sua primeira participação nos Jogos Olimpícos na edição da Rio 2016, sendo que naquela edição ficou na 26ª posição na fase classificatória.


Na próxima rodada, que já é eliminatória, Ane Marcelle irá enfrentar a mexicana Ana Vazquez, que terminou na 32ª colocação, com 637 pontos, um a mais que a brasileira. A disputa que promete ser equilibrada ocorre às 05h57 (de Brasília) da próxima quinta-feira (29), porém, o fator complicador está na sequência, caso a brasileira avance, poderá encarar pela frente a sul-coreana San An, de 20 anos, que nessa fase classificatória terminou em primeiro lugar e batendo o recorde olímpico com 680 pontos, sete pontos a mais do registrado pela ucraniana Lina Herasymenko, em Atlanta 1996. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog