Próxima semana pode registrar recorde de frio em Santa Catarina

Há chance de neve, temperaturas negativas e sensação térmica de até -25ºC. 

Do LD 

📷 Frio deve ser intenso na próxima semana com recordes de temperaturas negativas. (Fotos: MAURÍCIO SANTOS / ARQUIVO LD)

LAGES — O fim de semana deve ser marcado pela presença do sol e temperaturas elevadas durante a tarde, mas o que está chamando a atenção é a previsão para a próxima semana em todo o Sul do Brasil, especialmente em Santa Catarina, onde os indicadores apontam para o registro de frio intenso com a temperatura mais baixa do século no país, com sensação térmica chegando aos -25ºC nos pontos mais altos da Serra catarinense. Há ainda possibilidade de neve em cidades da Serra, Meio Oeste e Oeste catarinense, e serra gaúcha. Os indicativos ainda são preliminares e devem ser confirmadas neste final de semana, informou o MetSul Meteorologia. 


Segundo o instituto, a massa de origem polar intensa deve começar entre terça e quarta-feira da próxima semana e se estender até o final de semana, após a passagem rápida de uma frente fria. As temperaturas devem ser ainda mais baixas em relação as duas primeiras ondas de frio que passaram por Santa Catarina em junho e neste mês. 

Nos pontos mais altos de Santa Catarina, como o Morro da Igreja, no Parque Nacional de São Joaquim, entre Urubici e Bom Jardim da Serra, a sensação térmica pode ficar entre -20 a -25ºC. 


Outros sites especializados em clima, como o Climatempo e o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), são mais conservadores ao noticiar a massa de ar polar, mesmo não citando um frio intenso com temperaturas mais frias do século, ambos informam que a onda de frio deve trazer as temperaturas mais baixas deste ano. Há chance de neve nas serras gaúchas e catarinense, com temperaturas mínimas entre -6ºC e -8ºC na manhã da próxima sexta-feira (30). 

Já a Epagri/Ciram, órgão oficial de meteorologia em Santa Catarina também monitora a situação e nos próximos dias, deverá emitir uma nota meteorológica informando a respeito desta previsão. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog