LUTO: Morre Névio Fernandes, um dos principais nomes do jornalismo catarinense

Vítima de um infarto, "Seu Névio" como era conhecido se dedicou às letras, além de jornalista também era escritor. Parte de sua vida foi escrevendo colunas para o extinto Correio Lageano. 

Do LD

📷 MAURÍCIO SANTOS / LD

LAGES — Lages, a Serra Catarinense e Santa Catarina perderam um dos principais nomes do jornalismo e literatura. Morreu na madrugada desta quinta-feira, 22, aos 87 anos, o lageano Névio Sant'Ana Fernandes, ou o "Seu Névio" como era carinhosamente chamado por amigos e colegas de profissão. 


Com uma vida dedicada às letras, Seu Névio iniciou aos 13 anos de idade escrevendo um jornal de próprio punho denominado "A Cidade", que circulava semanalmente e era lido de mão em mão. Ao longo dos anos, se dedicou a contar através de suas colunas e reportagens, um pouco da história de Lages, principalmente nas linhas do extinto Correio Lageano. Foram 64 anos como colaborador do jornal, só se desligando com a extinção do jornal em maio de 2020. Tratou o jornalismo com muito profissionalismo e amor. 

📷 Seu Névio Fernandes recebe homenagem durante o 
2º Salão do Livro de Lages, em 2015. (Foto: MAURÍCIO
SANTOS / LD)
Em suas colunas, tratava de assuntos rotineiros, mas também com muita história. Trazia lembranças de fatos na política lageana, visitas ilustres, inaugurações, rivalidades, entre outras, com uma memória invejável. 

Sempre atento também nas redes sociais, sempre compartilhava um pouco de seu conhecimento e lembranças de outros tempos em Lages, em seu perfil no Facebook. 

O velório começou no final da manhã desta quinta-feira (22) na Capela Anjo da Guarda, e o sepultamento está marcado para às 9h desta sexta-feira (23), no Cemitério Cruz das Almas.

O Lages Diário manifesta pesar aos familiares, amigos e admiradores de Seu Névio Fernandes. 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog