Kelvin Hoefler conquista a primeira medalha do Brasil nas Olimpíadas de Tóquio com prata no Skate Street

Na primeira final do skate em Olimpíadas, o japonês Yuto Horigomi ficou com o ouro e o americano Jagger Eaton ficou com o bronze. 

Do LDesportes

📷 Kelvin Hoefler é o primeiro medalhista do Brasil na Tóquio 2020. (Fotos: TOBY MELVILLE / REUTERS)

TÓQUIO/JAP — O Brasil conquistou a sua primeira medalha nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 e ela veio de uma das modalidades estreantes nas olimpíadas, que é o skate. Nas finais do skate street, Kelvin Hoefler ficou com a prata em uma disputa vencida pelo japonês Yuto Horigomi e com o americano Jagger Eaton completando o pódio com a medalha de bronze. 


A final foi disputada do início ao fim, sendo que Kelvin chegou a liderar a bateria na primeira metade, mas dali em diante, Yuto assumiu a liderança nas manobras individuais realizando-as com maestria e levou quatro parciais com notas acima dos nove pontos, e na somatória chegou a 37,18. Kelvin teve uma das notas descartadas e na última tentativa conquistou um 9,34 pontos e assumiu a segunda colocação com 36,15 pontos na somatória. Eaton teve uma nota geral de 35,35. 

Kelvin é natural do Guarujá, no litoral paulista, mas vive atualmente na Califórnia, nos Estados Unidos. Apesar de ser um dos melhores da sua categoria na modalidade, não era um dos cotados para medalhar nessa olimpíadas, mas com muita concentração e regularidade conseguiu conquistar boa pontuação para classificação e para chegar ao pódio, o primeiro pódio do skate em olimpíadas terá o Brasil como um de seus ocupantes. 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog