Em noite de neve, operação acolhe 73 pessoas em situação de rua no seu segundo dia de atendimentos

População se mobiliza e aciona a prefeitura todas as noites. 

Por DANIELE MENDES DE MELO da ASCOM PML 

📷 Equipe da abordagem social trabalhando no acolhimento de pessoas em situação de rua. (Foto: SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E HABITAÇÃO / DIVULGAÇÃO)

LAGES — O espetáculo da natureza deixou tudo branquinho e fascinou moradores e turistas em várias cidades da Serra Catarinense entre a noite desta quarta-feira (28 de julho) e quinta-feira (29 de julho). A neve acentuada e volumosa, tão aguardada, cobriu telhados de casas, igrejas e lojas, veículos, praças e parques e deixou as paisagens ainda mais charmosas com o tapete branco sob temperaturas negativas. E enquanto as pessoas se divertiam com o fenômeno, a prefeitura de Lages, pelo trabalho da Secretaria da Assistência Social e Habitação e Defesa Civil, percorreu ruas, avenidas, calçadões e locais de acesso dificultoso para tentar encontrar pessoas em situação de rua que necessitam de acolhimento em espaço com segurança, nutrição alimentar e conforto térmico, levando em consideração fatores como a prevenção à hipotermia, a problemas de circulação sanguínea e a doenças respiratórias, a exemplo da gripe e do novo coronavírus, causador da doença Covid-19. Os dois equipamentos fixos de acolhimento ganharam um incremento de 20 vagas para corresponder à demanda.


No período entre a noite desta quarta e madrugada de quinta, as equipes acolheram 73 pessoas em situação de rua ao Acolhimento Temporário (em funcionamento permanente), situado no bairro Centenário, e ao Acolhimento Institucional para Adultos e Famílias (Acolhimento POP - 24 horas, todos os dias da semana), na rua Frei Gabriel, com disponibilidade de refeições quentes, banho, cama com cobertores e edredons e sala para acomodação e repouso. Nove pessoas nas ruas não aceitaram atendimento. Então, a elas são repassados cobertores.

Desta vez, as abordagens aconteceram em endereços extremamente dispersos e longe um do outro. Uma das abordagens foi efetuada próxima à sede de campo da Polícia Militar (PM), à margem da rodovia BR-282, onde uma pessoa com hipotermia foi avistada e acolhida. Outro fato inusitado foi registrado nos instantes em que a incidência da neve estava maior, por volta das 22h30min, quando um homem chegou espontaneamente ao plantão da sede administrativa da Secretaria da Assistência Social, ao lado da Praça João Ribeiro (Praça da Catedral Diocesana), procurando auxílio por estar passando frio. Já conhecido dos profissionais, o homem lageano, de aparentemente 45 anos, foi conduzido ao Acolhimento POP. Na noite anterior (de terça para quarta) foram acolhidas 79 pessoas pelo plantão de resgate social.

Os números do plantão de resgate social são os seguintes: 3019-7460 (das 18h à meia-noite), 98406-2980 (24 horas), 98427-9825 (24 horas), 98406-4037 (24 horas), 3019-7477 (das 7h às 19h) e 3019-7479 (das 7h às 19h).

Quem tem um teto pode comunicar à Secretaria sobre quem não tem

Comovidos, habitantes de Lages atenderam ao apelo da prefeitura. “A adesão desta noite e madrugada passadas superou nossa expectativa e nos chamou a atenção os ambientes bem espalhados onde estavam as pessoas. A sensibilização da comunidade em acionar os números de plantão está fazendo com que nossas equipes cheguem cada vez mais longe e com rapidez. A participação da população em nos avisar quando visualizam pessoas em situação de rua é fundamental e pedimos que continuem colaborando conosco.

A operação seguirá até esta sexta-feira, pois a previsão do tempo permanece indicando temperaturas baixíssimas, mais severas”, alerta o secretário da Assistência Social e Habitação, Jean Pierre Ezequiel. A Secretaria potencializou a distribuição de lenhas às famílias vulneráveis econômica e socialmente, mediante contato telefônico com um dos canais abertos, em que os técnicos se deslocarão até a casa do solicitante para verificar a situação e fazer a entrega. Já doados 30 sacos de lenha.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog