Coronavírus em SC: Matriz de Risco aponta quatro regiões em nível grave e 12 em gravíssimo

No quesito de capacidade de atenção, na qual avalia a média de ocupação dos leitos de UTI, 15 regiões aparecem no nível gravíssimo, e apenas a Grande Florianópolis aparece no nível alto (cor amarela). 

Da ASCOM SES 

Foto: SES

FLORIANÓPOLIS — A Matriz de Risco Potencial para a Covid-19 divulgada pelo Governo de Santa Catarina e Secretaria de Estado da Saúde (SES), neste sábado, 03, apresenta uma melhora da semana passada para essa. Quatro regiões de Santa Catarina foram classificadas no patamar Grave (cor laranja), sendo Extremo-Oeste, Oeste, Meio-Oeste e Grande Florianópolis. Outras 12 regiões se mantiveram na situação Gravíssima (cor vermelha) para o risco de transmissão da Covid-19.


Ainda de acordo com a Matriz, apenas a Grande Florianópolis se encontra no nível alto (cor amarela) para capacidade de atenção, que analisa a média de ocupação dos leitos de UTI, sendo que as demais estão no nível gravíssimo.

A região do Extremo-Oeste foi a única que ficou na cor amarela (nível alto) para Evento Sentinela, que registra o número de óbitos. De acordo com a transmissibilidade da Covid-19, apenas as regiões do Alto Vale do Rio do Peixe e Extremo Sul foram classificadas com o nível gravíssimo, sendo que as demais estão no nível grave.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog