Britânico vence e brasileiro conquista o melhor resultado do país no ciclismo moutain bike nas Olimpíadas

Henrique Avancini chegou a liderar no início, mas perdeu fôlego e terminou em 13º; britânico Thomas Pidcock faturou o ouro, seguido do suíço Mathias Flueckiger com a prata e o espanhol David Valero Serrano com o bronze. 

Do LDesportes

📷 Brasileiro (nº 3) Henrique Avancini durante a prova do ciclismo de moutain bike. (Foto: MATTHEW CHILDS / REUTERS) 

IZU/JAP — O brasileiro Henrique Avancini conquistou o melhor resultado do Brasil no ciclismo moutain bike em Jogos Olímpicos com um 13º lugar na corrida disputada no circuito de moutain bike Izu, a cerca de 130 quilômetros a Sul de Tóquio e que teve um diferencial, a presença do público. Esse resultado supera o 18º lugar conquistado por Jaqueline Mourão, nos Jogos de Atenas, em 2004. 


O atual número 3 do mundo na modalidade chegou a liderar por uma volta a corrida, mas foi perdendo fôlego a cada volta, chegando em 13º colocado. Outro brasileiro que disputou a corrida, Luiz Henrique Cocuzzi terminou a prova em 27º. 

O ciclismo de moutain bike foi faturado pelo britânico Thomas Pidcock que levou o ouro logo em seu primeiro ano na categoria adulta, aos 21 anos. O suíço Mathias Flueckiger ficou com a prata e o espanhol David Valero Serrano completou o pódio com o bronze. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog