Morre no Rio, o jornalista e escritor Artur Xexéo, aos 69 anos

Colunista do jornal 'O Globo' e da GloboNews, foi autor de livros como "Janete Clair: a usineira de sonhos" e "Hebe, a biografia". 

Do LD 

Foto: REPRODUÇÃO / GLOBO NEWS

RIO DE JANEIRO — Morreu aos 69 anos no Rio de Janeiro, o jornalista e escritor Artur Xexéo. Ele havia sido diagnosticado há duas semanas com um Linfoma Não-Hodgkin, e havia passado pela primeira sessão de quimioterapia na última quinta-feira, 24. Ele estava internado desde sexta-feira (25) na Clínica São Vicente, na zona Sul do Rio. 


Colunista do jornal 'O Globo' e comentarista da Globo News, ele também teve passagens pela 'Veja' e 'Jornal do Brasil'. Desde 2015, participava da transmissão do Oscar na Globo. Também ficou conhecido no rádio. Na CBN, estreou ao lado de Carlos Heitor Cony como comentarista. 

Como escritor, foi autor de livros, entre eles estão "Janete Clair: a usineira de sonhos", "O torcedor acidental (crônicas)" e "Hebe, a biografia".

Quando jovem, Xexéo chegou a iniciar um curso de engenharia, mas desistiu sem concluir, e partiu para a comunicação social, em jornalismo. Mas só no terceiro ano da faculdade ele criou gosto pela profissão. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog