Caso Ana Kemilli: suspeito de feminicídio é preso em Campo Belo do Sul

Jovem de 21 anos foi preso quatro meses após a morte da jovem de 14 anos, moradora do interior de Campo Belo do Sul. 

Do LD

Foto: POLÍCIA CIVIL

CAMPO BELO DO SUL — A Polícia Civil prendeu nesta quinta-feira, 17, o segundo suspeito de participação na morte de Ana Kemilli, de 14 anos, no interior de Campo Belo do Sul, na Serra Catarinense. O inquérito foi concluído com a prisão do suspeito que responderá pelo crime de feminicídio. Um adolescente identificado por envolvimento no crime e que confessou participação já cumpre medida sócio educativa desde fevereiro. 


O crime ocorreu no dia 8 de fevereiro, por volta das 16h30, quando a vítima saiu de sua casa a fim de acompanhar as vizinhas até parte do percurso da casa delas e não retornou para casa. Na tarde do dia 10, a vítima foi encontrada sem vida, amarrada numa árvore, ocultada por palhas de pinheiro americano, numa área de mata fechada, a cerca de um quilômetro de onde tinha sido vista pela última vez. 

No dia 11 de fevereiro, um adolescente se apresentou à polícia e confessou participação no crime. Os elementos informativos, porém indicavam que havia pelo menos mais uma pessoa envolvida no crime, contudo o adolescente apresentava outras versões sobre esta circunstância. 

A investigação que durou cerca de quatro meses, demostrou que também havia o envolvimento de um homem, de 21 anos, razão pela qual foi solicitada à Justiça, a prisão preventiva do suspeito, ocorrido nesta quinta-feira (17). 

O homem foi conduzido depois das medidas cabíveis, ao Presídio Masculino de Lages, no bairro Santa Clara, onde permanecerá à disposição da Justiça. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog