Carlos Moisés anuncia ativação de mais dois andares da nova ala do Hospital Tereza Ramos

Governador esteve na unidade em Lages realizando vistoria na tarde desta segunda-feira (28). 

Por LEONARDO GORGES da SECOM 

Foto: JULIO CAVALHEIRO / SECOM

LAGES — Mais dois andares da nova ala do Hospital Tereza Ramos serão ativados a partir desta semana. O anúncio foi feito pelo governador Carlos Moisés durante uma vistoria na unidade na tarde desta segunda-feira, 28, ao lado do secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, e do prefeito de Lages, Antonio Ceron.


O primeiro andar receberá 20 leitos de UTI exclusivos para o tratamento da Covid-19, enquanto o segundo piso contará com 30 leitos de enfermaria, também para o enfrentamento da pandemia. O terceiro andar da nova ala foi ativado em agosto de 2020 e abriga os outros 26 leitos de UTI Covid da unidade.

“O que nós vimos aqui durante essa visita técnica nos deixa muito satisfeitos. O que nós encomendamos em termos de adequação dos espaços da obra foi feito. Agora temos condição de iniciar os trabalhos e fazer a transferência dos pacientes. Assim, liberamos algumas alas do prédio antigo e ganhamos mais alguns leitos”, conta o governador.

Com a ativação dos dois andares, os 18 leitos de UTI Covid do prédio antigo serão transferidos para a nova ala, além de dois novos que serão abertos. Com isso, o total de leitos de UTI exclusivos para o enfrentamento da pandemia no Hospital Tereza Ramos passa de 44 para 46. A unidade possui ainda outros 10 leitos de UTI para tratar as demais enfermidades.

No caso dos leitos de enfermaria Covid, os 22 existentes no prédio antigo serão movidos para a nova ala, além de oito novos que serão abertos, totalizando 30.

“Nós vamos concentrar os pacientes acometidos do coronavírus no mesmo espaço (nova ala). Com isso, nós teremos um ganho na qualidade dos processos de trabalho. Essa é a nossa forma de fazer, gerando segurança em saúde para a população catarinense”, afirma o secretário.

A nova ala do Hospital Tereza Ramos está com mais de 95% dos trabalhos concluídos e a previsão atual é de que ela seja entregue em outubro deste ano. Segundo o projeto, o subsolo deve receber a nova emergência, o térreo sediará o centro de diagnóstico por imagem, o quarto andar terá os centros cirúrgicos e o último piso será a central de esterilização.

No último sábado, o Governo do Estado também recebeu o novo tomógrafo que será colocado em operação no Tereza Ramos. A expectativa é de ativação nos próximos meses. O equipamento tem três anos de garantia.

A visita ao hospital foi acompanhada pelo subchefe da Casa Civil, Juliano Chiodelli, pelo diretor da unidade, Maurício Batalha, e por demais autoridades municipais.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog