Vinte e um corredores morrem durante ultramaratona na China

Frio extremo, granizo, chuva e ventania surpreenderam os 172 participantes da prova de 100 quilômetros. 

Lages/SC

Foto: XINGHUA

O frio extremo, acompanhada de chuva congelante, granizo e ventania pode ter contribuído para a morte de 21 dos 172 participantes de uma ultramaratona realizada na província de Gansu, no noroeste da China, neste domingo (23). As informações são da Reuters

A prova de 100 km, teve início no sábado (22), por volta das 09h (horário local), em uma das curvas do rio Amarelo, área conhecida por penhascos e colunas de rochas.. A rota levaria os corredores por cânions, montes e por um planalto árido com uma elevação de 1 mil metros. Os participantes vestiam bermudas e camisetas sob céu nublado, segundo fotografias nas redes sociais. 

De acordo com a autoridades locais, por volta das 12h, um trecho montanhoso da corrida foi atingido por granizo, chuva congelante e vendavais que ocasionaram a queda brusca na temperatura, ficando em torno dos 6ºC.

Cerca de 1.200 pessoas foram deslocadas para um esforço de resgate, contando com assistência de imagens térmicas, radares e equipamentos de demolição, informou a imprensa chinesa. Um deslizamento causado pelo mau tempo dificultou ainda mais os trabalhos de resgate. 

Equipes da província de Gansu irão investigar as causas das mortes dos 21 corredores. Muitos corredores sobreviventes resgatados apresentaram quadros de hipotermia. 

*Com informações da Reuters


Comentários