Vereadores protocolam pedido de abertura de CPI para apurar denúncias de supostas irregularidades no terreno onde seria a Sinotruk

Assinaram o pedido os vereadores Jair Junior (Podemos), Leandro do Amendoim (PL), Nei Casa Nossa e Bruno Hartmann (PSL), Elaine Moraes e Suzana Duarte (Cidadania) e Heron de Souza (PSD). 

Do LD
Lages/SC

Terreno que foi desapropriado para a vinda da fábrica da Sinotruk, a qual nunca se instalou. Registro feito em 2014. (Foto: JAMES TAVARES / ARQUIVO SECOM) 

Sete vereadores protocolaram na Câmara de Vereadores de Lages, um pedido para abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar e investigar a situação do terreno que a Prefeitura de Lages adquiriu para a instalação da fábrica chinesa de caminhões Sinotruk, a qual nunca se concretizou.


Jair Junior (Podemos) juntamente com os vereadores Leandro do Amendoim (PL), Nei Casa Nossa e Bruno Hartmann (PSL), Heron de Souza (PSD), Elaine Moraes e Suzana Duarte (Cidadania) protocolaram o pedido para que seja apurada e investigada denúncias de que o terreno estaria sendo ocupado por uma pessoa desde 2015, e que em 2017, um funcionário comissionado da Prefeitura de Lages supostamente teria construído uma casa no local, onde estaria residindo e utilizando o referido terreno para criação de gado e plantação de milho

O pedido vai ser apresentado na sessão desta segunda-feira (31). Segundo o vereador Jair Junior informou ao LD, o rito prevê que o presidente da Câmara de Vereadores, Gerson Omar dos Santos (PSD) ouça as lideranças e faça as indicações dos cinco membros, respeitando a proporcionalidade partidária, sendo que o vereador mais velho convoca os trabalhos.

Confira o post do vereador Jair Junior (Podemos) sobre o pedido de abertura da CPI: 




Comentários