Sobrevivente de ataque a creche de Saudades, bebê de 1 ano e 8 meses recebe alta do hospital

Ataque a creche da cidade do Oeste catarinense deixou cinco mortos, sendo três crianças, todas menores de dois anos, e uma professora e uma agente de educação. 

Do LD
Lages/SC

Mãe com o filho no colo, o sobrevivente de ataque a creche em Saudades, recebeu alta neste domingo (9). (Foto: Alcebíadas Santos / HC)

Recebeu alta médica neste domingo, 9, Dia das Mães, o bebê de um ano e oito meses e sobrevivente do ataque a creche ocorrido na última terça-feira, 4, na cidade de Saudades, no Oeste catarinense, e que deixou outras cinco pessoas mortas, sendo três crianças — todas menores de dois anos —, uma professora de 30 anos, e uma agente de educação, de 20. 


O bebê estava internado no Hospital da Criança, em Chapecó, também no Oeste, desde o dia do crime. Ele foi socorrido por uma professora com ferimentos no rosto e no pescoço, sendo inicialmente levado ao pronto-socorro de Saudades, sendo transferido de helicóptero, para o Hospital Regional do Oeste, em Chapecó, onde passou por cirurgia no mesmo dia. Após se recuperar, foi transferido para o HC na mesma cidade. 

O autor do crime, Fabiano Kipper Mai, de 18 anos, conseguiu entrar em uma das salas de aula, onde atingiu as crianças, além das duas vítimas adultas. O autor ainda tentou tirar a própria vida, mas foi socorrido e seu estado é gravíssimo e segue internado no Hospital Regional do Oeste, em Chapecó. 

A defesa de Fabiano pediu à Justiça um exame para avaliar sua sanidade mental. Se for constatado que o homem estava consciente no momento do crime, ele será julgado pelo Tribunal do Júri, mas caso contrário, ele deverá receber outras condenações tais como internamento para tratamento. 

Comentários