SC: jovem invade creche e mata três crianças e duas professoras

Vítimas foram mortas com golpes de adaga desferidos por um jovem de 18 anos que invadiu creche localizada na cidade de Saudades.  

Do LD
Lages/SC

Foto: SIMONE FERNANDES / ARQUIVO PESSOAL

Um crime bárbaro em uma creche na manhã desta terça-feira, 4, chocou Santa Catarina, após um jovem de 18 anos invadir uma creche na cidade de Saudades, no Oeste catarinense, e desferir golpes de adaga contra crianças e professores. Três crianças — todas menores de dois anos — e duas professoras acabaram não resistindo aos ferimentos. Já o autor, tentou tirar a própria vida, mas acabou sendo resgatado em estado gravíssimo até um hospital em Pinhalzinho, e posteriormente conduzido ao Hospital Regional do Oeste, em Chapecó. Ele está sob custódio da Polícia Militar de Santa Catarina. 


Duas pessoas foram encaminhadas ao hospital de Chapecó, sendo uma em estado grave, porém não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. Já a outra teve ferimentos leves, informou a Polícia Civil. 

O agressor teria entrado na creche armado com uma adaga e atacado a professora, ela teria corrido para a sala onde estavam quatro crianças, todas menores de dois anos. A professora acabou morrendo no local. Uma agente de saúde que fazia um trabalho no local no momento do crime também foi atacada. 

Equipes da Polícia Militar, Polícia Civil, SAMU e Corpo de Bombeiros foram até o local para realizar o salvamento das vítimas e a prisão do suspeito, que deve responder por homicídio por motivo torpe, apesar de ainda apurarem os motivos do crime. 

A governadora Daniela Reinehr (sem partido) decretou luto oficial de três dias em virtude do acontecimento. O governador afastado, Carlos Moisés (PSL), também lamentou a tragédia. 

Comentários