Lixo eletrônico é recolhido em quatro escolas de Lages

O projeto de coleta tem possibilidade de ser ampliado, abrangendo inúmeras outras escolas, tendo em vista a relevância da destinação correta de todo o descarte destes materiais.

Por IRAN ROSA DE MORAES da ASCOM PML
Lages/SC

Foto: DIVULGAÇÃO

A Prefeitura de Lages, através da Semasa e da Secretaria Municipal de Educação, desenvolve projeto de coleta de lixo eletrônico que abrange inicialmente quatro escolas, havendo a possibilidade de se ampliar essa coleta para outras escolas da rede de ensino municipal.


Os quatro coletores, os quais foram doados pela empresa Serrana Engenharia, já se encontram instalados nas seguintes Escolas Municipais de Educação Básica: Osni de Medeiros Régis, no bairro Tributo; Mutirão, no bairro Habitação; Nossa Senhora dos Prazeres (CAIC do Santa Catarina) e Aline Giovana Schmidt (CAIC Irmã Dulce, no Guarujá).

O diretor de Resíduos Sólidos, da Semasa, Milton Matias (Miltinho), disse que o projeto prevê também a distribuição de panfletos explicativos sobre a importância da correta destinação de todo o tipo de descarte eletrônico, como por exemplo baterias, calculadoras, carregadores, pilhas, monitores, televisores, celulares (equipamentos de informática em geral) etc.

A Semasa fechou contrato de serviços com a empresa ECO Centro Sul, a qual se responsabiliza em dar a destinação correta para todo o material coletado nas escolas. “A retirada do lixo eletrônico dos coletores instalados nessas quatro primeiras escolas será feita por esta empresa de acordo com a demanda, ou seja, as próprias diretorias escolares acionarão a ECO Centro Sul no momento certo para se fazer o carregamento do lixo coletado”, fala Militinho.

“A ideia é a de que no final do ano, a escola que tenha feito a maior coleta do lixo eletrônico seja premiada como incentivo pelo engajamento neste importante projeto”, destaca o diretor de Resíduos Sólidos da Semasa.

Comentários