#LDnaHistória: 31 de maio

O início do funcionamento da Torre do Relógio onde fica o Big Ben; o maior desastre provocado por rompimento de barragem na história da humanidade; e o acidente envolvendo o voo da Air France entre o Rio e Paris, são alguns dos fatos que marcaram essa data ao longo da história. 

Do LD
Lages/SC

Voo da Air France 447 desaparece quando fazia o voo entre Rio de Janeiro e Paris, dias depois os destroços seriam encontrados. (Foto: AP)

455 

  • Imperador Petrônio Máximo é apedrejado até a morte por uma multidão enfurecida enquanto fugia de Roma.

1859 

  • A Torre do Relógio nas Casas do Parlamento, que abriga o Big Ben, começa a marcar o tempo. 

1889 

  • Inundação de Johnstown ocorre após o rompimento da Barragem de South Fork do Rio Little Conemaugh, na Pensilvânia, nos Estados Unidos, que resulta na morte de 2.209 pessoas. O rompimento derramou aproximadamente 20 milhões de toneladas de água, aproximadamente a mesma quantidade de água de todo o rio Mississipi, um dos maiores no mundo e é considerado o maior desastre provocado pelo rompimento de uma barragem da história da humanidade. 


1910 

  • Criação da União Sul-Africana, atual África do Sul. 

1911 

  • O RMS Titanic é lançado ao mar em Belfast, na Irlanda do Norte. O navio viria a naufragar menos de um ano depois em sua viagem inaugural quando colide com um iceberg no Oceano Atlântico Norte. 


1916 

  • Batalha da Jutlândia quando a grande frota britânica enfrenta a frota de Alto-Mar na maior batalha naval da Primeira Guerra Mundial. 

1961 

  • União Sul-Africana se torna a República da África do Sul. 

2003 

  • Último voo de um Concorde da Air France

2009 

  • Airbus A330 do voo Air France 447 que fazia a rota entre Rio de Janeiro e Paris, desaparece no Oceano Atlântico com 228 pessoas a bordo, entre elas, 59 brasileiros. Todos os passageiros a bordo morreram. 


2017 

  • Carro-bomba explode em um cruzamento lotado de Cabul, perto da embaixada alemã na hora de maior movimento, matando mais de 90 pessoas e ferindo outras 463. 


Comentários