Jair Junior sugere cinco ideias para o Município adotar no período pós-pandemia da Covid-19

Em moção legislativa, vereador do Podemos encaminha sugestão para o Município aplicar ideias em cinco pontos importantes: Incentivo Fiscal; Qualificação Profissional; Diminuição da Pobreza; Correção na Educação e Incentivo ao Esporte. 

Do LD
Lages/SC

Foto: NILTON WOLFF / CÂMARA DE LAGES

Em sessão ordinária desta terça-feira, 25, a Câmara de Lages aprovou a Moção Legislativa nº 0239/2021, de autoria do vereador Jair Junior (Podemos), que sugere ao Poder Executivo, cinco ideias para serem adotadas pelo Município para o período pós-pandemia da Covid-19


No documento aprovado, o vereador destaca que a crise causada pela Covid-19, em várias áreas como, saúde, educação e principalmente economia, entende-se a importância de iniciar estudos a respeito de novas possibilidades de enfrentamento à pandemia, bem como a recuperação no município. 

"Sabemos que índice de contaminação ainda assola a retomada das atividades, inclusive, continuamos em risco gravíssimo, porém necessitamos de medidas que visem recuperar o crescimento econômico", destaca o vereador. 

As cinco ideias contemplam os seguintes temas: Incentivo Fiscal; Qualificação Profissional; Diminuição da Pobreza; Correção na Educação; e Incentivo ao Esporte, confira abaixo o que é elencado em cada uma dessas ideias: 

  • INCENTIVO FISCAL

Tendo em vista a atipicidade vivenciada em âmbito universal pela COVID 19, faz-se de suma importância destacar as dificuldades enfrentadas pelas empresas no cenário atual de pandemia, como por exemplo, falência, dispensa de funcionários e dívidas acumuladas. Diante disso, cabe ao poder executivo estudar formas de sanar, ou pelo menos prestar auxílio às empresas que tiveram suas atividades afetadas em razão do lockdown e, principalmente, a diminuição de suas respectivas vendas em qualquer área de atuação. Sendo assim, é imprescindível estimular a retomada das empresas através de incentivos fiscais, tal como, redução de tributos, redução do ISS (Imposto sobre serviços de qualquer natureza) e quaisquer programas que incentivem a recuperação das empresas no município de Lages.

  • QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

É sábio que a educação e qualificação de bons profissionais torna uma cidade atrativa aos olhos de grandes empresas e lojas. Porquanto, pensando no desenvolvimento do município, é crucial por meio de programas educativos, ofertar cursos profissionalizantes aos cidadãos que têm dificuldade em dispor de sua vera salarial para custear a referida profissionalização. Logo, com a capacitação e incentivo educacional, a busca pela inserção no mercado trabalho se resultará de forma mais acessível. 

  • DIMINUIÇÃO DA POBREZA

Segundo informações da Comissão Econômica da América Latina, a pandemia provocará aumento nos níveis de pobreza de maneira desenfreada. Diante disso, faz-se necessário avançar nas políticas públicas que visem diminuir o índice de extrema vulnerabilidade social. A título de exemplo, a ampliação dos serviços prestados pelo CRAS (Centro de Referência da Assistência Social), pois é de conhecimento que além de programas educacionais, o referido fornece alimentação para quem participa. Além disso, para que que o índice de pobreza seja diminuída, é necessário ofertar oportunidade de emprego. Assim, segundo a lógica do que fora supracitado, com o incentivo fiscal e os programas de profissionalização que o poder executivo pode ofertar, novas possibilidades serão ofertadas ao empregado e ao empregador. 

  • CORREÇÃO NA EDUCAÇÃO

Em última pesquisa feita pelo IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) no ano de 2019, demonstrou que Lages não atingiu a meta e não alcançou a media 6,0. A referida instituição faz o cálculo com base no aprendizado dos alunos em língua portuguesa, matemática (Prova Brasil) e no fluxo escolar (Taxa de Aprovação). À Frente das dificuldades enfrentadas pelos alunos e professores, entende-se ser importante a capacitação dos professores, para aprendizado de novas metodologias de ensino, técnicas de didática, bem como a criação de métodos que garantam o efetivo aprendizado do aluno. 

  • INCENTIVO AO ESPORTE

Assim como diversas áreas, o esporte também foi afetado pela pandemia no município, contudo, é necessário incentivar a pratica esportes, uma vez que especialistas recomendam a atividade física como aliada ao combate de doenças cardiovasculares, infarto, AVC e diabetes. A novidade da pandemia, é que essas comorbidades podem contribuir para o agravamento do paciente acometido pela COVID 19. Portanto, isso nos faz repensar e cobrar projetos que incentivem a pratica de esportes, através de escolas e academias públicas ao ar livre, pois o reflexo de tais medidas será evidenciado na saúde e no combate as superlotações de leitos. 

Com a aprovação por maioria simples, a Moção Legislativa será encaminhada ao prefeito Antonio Ceron (PSD). 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog