Em São Joaquim, Carlos Moisés assina edital para asfaltamento da Serra do Corvo Branco

Trata-se de uma obra com 9,4 quilômetros de extensão, com investimento previsto de R$ 40,8 milhões. 

Por LEONARDO GORGES da SECOM
São Joaquim/SC

Fotos: JULIO CAVALHEIRO / SECOM

A tão desejada pavimentação da Serra do Corvo Branco está mais perto de se tornar realidade. O governador Carlos Moisés assinou na manhã desta segunda-feira, 31, o edital para o asfaltamento do último trecho da SC-370, entre Grão-Pará e Urubici. Trata-se de uma obra com 9,4 quilômetros de extensão, com investimento previsto de R$ 40,8 milhões.


A assinatura do edital ocorreu na cidade de São Joaquim, durante uma reunião da Associação de Municípios da Região Serrana (Amures). A licitação ocorrerá por meio de um Regime Diferenciado de Contratação (RDC), no qual a empresa vencedora terá um prazo de 18 meses para concluir os trabalhos.

Na visão do governador Carlos Moisés, a pavimentação do trecho será um importante vetor para o desenvolvimento tanto da Serra quanto do Sul do Estado.

“Essa é uma obra esperada pelos catarinenses. Era um compromisso do nosso Governo, junto com todos os parlamentares da região. O turismo vai ser muito beneficiado, pois a acessibilidade é essencial para esse setor. Hoje nós já temos um grande fluxo na Serra do Corvo Branco, mas isso será potencializado com a chegada do asfalto”, afirma o governador.

O secretário de Estado da Infraestrutura, Thiago Vieira, conta que o processo licitatório deve levar de quatro a seis meses para ser concluído. Segundo ele, a intenção do Governo do Estado é que as máquinas já estejam na pista ainda este ano.

“Com o asfalto, o desenvolvimento vai chegar não apenas por meio do turismo, mas também pelo agronegócio. O escoamento da produção se dá nos dois sentidos da Serra e o caminho ficará mais fácil para todos”, conta Vieira.

Comunidade aguarda pela obra

A diretora escolar Maria de Lourdes Bloemer, de Rio Fortuna, aproveitou o domingo para passear pela Serra do Corvo Branco. Ao lado de cinco amigas, ela deixou o carro no pé da serra e subiu a pé o trecho mais íngreme, com aproximadamente três quilômetros de extensão.

Bloemer conta que a pavimentação da Serra é uma aspiração antiga dos moradores da região. Em dias de muito movimento, congestionamentos se formam no local, pois há trechos em que apenas um veículo pode passar por vez. Além disso, é comum que caminhões fiquem presos no trecho de curvas.

“Saber que vai ser asfaltado é uma notícia muito gratificante. Essa é uma obra esperada há muito tempo por toda a região. Com certeza ela vai melhorar muito a questão do turismo, pois o movimento já é intenso mesmo sem o asfalto. E também acredito que vai ajudar muito para escoar a produção, especialmente de alimentos. Nós vemos muitos caminhões de ração e de leite, e o acesso vai melhorar muito”, diz.

Projeto Cidade + Eficiente


O Governo do Estado, a Celesc, o Consórcio Intermunicipal da Serra Catarinense (Cisama) e os municípios de Urubici, Urupema, Rio Rufino, Painel e Bocaina do Sul assinaram nesta segunda-feira, 31, a ordem de serviço para a execução do Projeto Cidade + Eficiente.

A iniciativa, aprovada em Chamada Pública do Programa de Eficiência Energética da Celesc e da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), prevê ações para a modernização do parque de iluminação urbana da região. A assinatura do documento permite colocar em prática os conceitos de sustentabilidade e eficiência energética na gestão da iluminação pública das cidades catarinenses.

O projeto nos 5 municípios, orçado em R$ 1,2 milhão, prevê a troca de 1.266 luminárias ineficientes nos 5 municípios, o que representa uma economia de 508 MWh/ano de energia por ano aos cofres públicos.

Entrega para a Educação


Também em São Joaquim, o governador Carlos Moisés anunciou investimento de R$ 630 mil em entregas de equipamentos para escolas da rede estadual de ensino na região. O recurso será destinado para a aquisição de computadores, conjuntos com carteira e cadeira e aparelhos de ar condicionado.

Do total investido, R$ 572 mil serão destinados para a compra de 140 computadores. As unidades beneficiadas serão a EEB Manoel Cruz, EEB Martinho Haro, EEB São José e EEB Ary de Souza Borges, em São Joaquim; EEB Araújo Figueiredo e EEB Manoel Dutra Bessa, em Urubici; e a EEB Adolfo José Martins, em Bom Jardim da Serra. Cada escola receberá 20 equipamentos.

Para a compra de aparelhos de ar condicionado, o valor investido será de R$ 30 mil. As escolas que receberão os nove equipamentos serão a EEB Adolfo José Martins, em Bom Jardim da Serra; EEB Alexandre Gusmão, em Bom Retiro; EEB Ary de Souza Borges, em São Joaquim; EEB Manoel Dutra Bessa, em Urubici; e EEB Manoel Pereira de Medeiros, em Urupema.

Mais R$ 27 mil serão investidos na compra de 90 conjuntos de carteira e cadeira para alunos das escolas EEB Manoel Cruz e EEB Martinho de Haro, em São Joaquim; e EEB Manoel Pereira de Medeiros, em Urupema.

Comentários