Caixa Econômica abrirá posto de atendimento no novo Mercado Público Municipal

Os cidadãos poderão usufruir dos serviços de dois operadores de caixa para situações rotineiras e de uma mesa de atendimento com a finalidade de tratar assuntos complexos e de maior tempo de desenlace. 

Por DANIELE MENDES DE MELO da ASCOM PML
Lages/SC

Foto: GREIK PACHECO / ASCOM PML

Delineado e aparelhado para equilibrar-se às aspirações do público de Lages e Serra Catarinense em concordância às características e aptidões de natureza regional, o novo Mercado Público Municipal, perto de ter as suas obras concluídas e ser devolvido à sociedade integralmente restaurado e modernizado, com seus traços arquitetônicos frontais preservados, está programado para ser inaugurado no segundo semestre de 2021, e irá fortificar Lages no roteiro de exposição e acesso a produtos coloniais tipicamente serranos, a exemplo de pinhão, queijos, carnes especiais e vinhos, e de lazer e turismo de Santa Catarina. Em sua estrutura de dois pavimentos estarão dispostos 40 boxes, equipada e abastecida com opções de serviços e artigos artesanais com a etiqueta de marcas lageanas, entre cafeteria; confeitaria; chocolateria; fiambreria; bomboniere; vinhos; tabacaria; itens de couro e tradicionalismo; caça, pesca e camping; livraria; souvenirs, restaurante no mezanino; praça de alimentação, e barbearia, além de auditório e palco para espetáculos artísticos e culturais.


Uma das novidades será a instalação de um posto de atendimento da Caixa Econômica Federal (Caixa) dentro do Mercado Público, para atender os empresários fixados, seus funcionários e clientela. A parceria entre a prefeitura e a instituição financeira foi confirmada e oficializada na quarta-feira (5 de maio), durante encontro com o prefeito Antonio Ceron; vice-prefeito, Juliano Polese; superintendente regional da Caixa, Renato Scalabrin; superintendente executivo local de varejo, Luís Antônio Pacheco de Andrade, e o gerente geral de rede da Caixa Econômica em Lages, Almir Turra. O secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo de Lages, Álvaro Mondadori (Joinha), e o executivo de Turismo e responsável pela implantação do Mercado Público, Amauri Bacci, iniciaram, em ocasiões antecedentes, os diálogos de tratativas para que esta união entre o Município e a Caixa fosse consolidada.

Os cidadãos poderão usufruir dos serviços de dois operadores de caixa para situações rotineiras e de uma mesa de atendimento com a finalidade de tratar assuntos complexos e de maior tempo de desenlace. O ponto estará situado logo na entrada do Mercado Público, no térreo, box 20. O funcionamento começará simultaneamente à abertura dos demais espaços do Mercado.

No posto de atendimento serão prestados os serviços de recebimento do pagamento de boletos e de saques do Programa Bolsa Família, auxílio emergencial e outros benefícios sociais do Governo Federal; retirada do valor do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), bem como outros trabalhistas e previdenciários; abertura e encerramento de conta corrente e poupança de pessoas físicas e jurídicas; saque; depósito; transferência; consulta de saldo; validação de senha; solicitação de empréstimos consignados, e encaminhamento para emissão de cartão de crédito, entre outros autorizados para esta modalidade estrutural da rede de atendimento para operações bancárias.

Neste posto não será possível apostar e comprar jogos, como é comum nas casas lotéricas dos sorteios das Loterias Caixa. Estão em andamento, junto à empresa gestora dos caixas eletrônicos de praticamente todas as agências bancárias de Lages, as conversas sobre a disponibilidade de um dispositivo deste tipo no posto de atendimento.

Em relação ao estacionamento, para contemplar maior número de pessoas será expandida a abrangência do estacionamento rotativo eletrônico (Área Azul), que atualmente é até a rua Otacílio Vieira da Costa, e será estendida até a avenida Belizário Ramos (Carahá). Está em estudo uma parceria com a Associação Empresarial de Lages (Acil) para o propósito de acomodar veículos de clientes e visitantes do Mercado Público.

Lages ganhará um Mercado Público para estrelar uma nova fase da cidade paralelamente à revitalização do Centro. “A Caixa vem somar ao grupo de empreendedores no Mercado Público. O esforço do Poder Público e a expectativa das pessoas serão recompensados quando o Mercado Público Municipal estrear e estar em plena atividade, para orgulho de todos nós. Será um recurso de atrativo ímpar e excepcional de valorização do produtor local e se segue o otimismo da comunidade em querer bem as coisas da nossa terra”, qualifica o prefeito Antonio Ceron.

Já o executivo de Turismo e responsável pela implantação do Mercado Público, Amauri Bacci, comenta que, “todos os trâmites para termos um novo Mercado Público foram rigorosamente obedecidos e logo teremos o prazer de entregar para os lageanos um ambiente cativante e convidativo”.

Está em curso prazo para interessados nos 23 boxes

Permanece aberto o processo licitatório de concorrência pública do tipo maior oferta financeira por box pretendido, por intermédio do edital nº: 01/2021/Processo nº: 54/2021, com a finalidade da concessão onerosa de uso de bens públicos relacionada mais especificamente a 23 espaços comerciais denominados boxes do Mercado Público Municipal. O edital regulamenta a programação do certame de licitação para o dia 11 de maio deste ano e com este processo estará encerrada a concessão de todos os 40 boxes previstos.
Deverão ser entregues, pelos participantes, até as 14h do dia 11 de maio, dois envelopes. O nº: 1 terá de conter a documentação de habilitação e, no segundo envelope, a proposta. O documento completo (edital) pode ser acessado em https://licitacoes.lages.sc.gov.br/detalhe&edital=1532.

São 3.600 metros quadrados de área edificada e R$ 6,3 mi aplicados

As obras estruturais e arquitetônicas do Mercado Público partem de um investimento de R$ 6,3 milhões, e são executadas pela prefeitura de Lages em convênio com o Governo do Estado, através de empreiteira contratada, a Terra Engenharia Ltda. O Mercado Público possui 3.600 metros quadrados de área construída, destes, quase dois mil metros quadrados da ala nova. Os trabalhos compreenderam a ampliação de três baias, junto a uma praça de alimentação com um pequeno auditório e palco para apresentações artísticas e culturais, ocupando antiga área de estacionamento.

Comentários