#LDnaHistória: 2 de abril

Confira os fatos marcantes desta data na história. 

Do LD
Lages/SC


O 2 de abril na história foi marcado por grandes atos importantes como a decisão do Congresso Nacional de declarar a Presidência do Brasil vaga e com isso assumindo o presidente da Câmara dos Deputados Ranieri Mazzilli, além disso, o início da Guerra das Malvinas entre Argentina e o Reino Unido, e a morte do Papa João Paulo II que nove anos mais tarde seria canonizado e passaria a se chamar São João Paulo II. Confira os fatos de 2 de abril na história: 

1900 
  • O Congresso dos Estados Unidos aprova a Lei Foraker, dando a Porto Rico um autogoverno limitado. 
1902 
  • É inaugurado em Los Angeles, a Electric Theatre, a primeira sala de cinema dos Estados Unidos.
1917 
  • O presidente dos Estados Unidos Woodrow Wilson pede ao Congresso para declarar guerra à Alemanha, e entrar na 1ª Guerra Mundial que já durava três anos e em pouco mais de um ano do apoio dos Estados Unidos, os aliados derrotaram a Tríplice Aliança, liderada pela o Império Alemão e a Áustria-Hungria. 
1945
  • Brasil e União Soviética estabelecem relações diplomáticas. 
1964 
  • Com o início do regime militar no dia anterior, no dia 2 de abril, o Congresso Nacional do Brasil declara a Presidência vagam e substitui o presidente João Goulart pelo presidente da Câmara dos Deputados Ranieri Mazzilli. 
1982 
  • A Argentina invade as Ilhas Malvinas e dá início a Guerra das Malvinas contra o Reino Unido, guerra esta que duraria 2 meses e 05 dias com vitória do Reino Unido e deixou mais de 3,9 mil mortos entre militares e civis, além de 2,4 mil feridos. 
2005
  • Morre aos 84 anos, Karol Józef Wojtyla, mais conhecido como Papa João II vítima de um choque séptico e de um colapso cardiovascular circulatório irreversível. Pouco mais de seis anos mais tarde, ele seria beatificado e nove anos depois de sua morte se tornaria santo passando a ser chamado como São João Paulo II. 
Foto: FRANCO ORIGLIA / GETTY IMAGES 

2008
  • Acontece pela primeira vez o Dia Mundial de Conscientização do Autismo, decretado pela Organização das Nações Unidas (ONU) no ano anterior, para repetir-se anualmente. 
2015
  • Terroristas do grupo Al-Shabaab atacam a Universidade de Garissa, no Quênia, matando pelo menos 148 pessoas e ferindo outras 79. 
  • Irã, Alemanha, China, Estados Unidos, França, Reino Unido e Rússia chegam a um acordo preliminar sobre o programa nuclear iraniano, prevendo uma redução considerável do enriquecimento de urânio iraniano e, em contrapartida, põe fim às sanções impostas ao Irã. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog