Internacional massacra o Deportivo Táchira pela Libertadores

O Colorado se recupera da derrota na primeira rodada, consegue uma vitória expressiva e com larga vantagem de gols. 

Do FUTEBOL LATINO da LANCE! 
Porto Alegre/RS

Foto: SILVIO AVILA / AFP

Pela segunda rodada da Copa Libertadores da América, no estádio Beira-Rio, o Internacional goleou o Deportivo Táchira pelo placar de 4 a 0. Boa parte do resultado foi construído todo na primeira etapa. Cuesta abriu o placar aos 19. Minutos depois foi a vez de Patrick ampliar. O Inter continuou pressionando e marcou o terceiro, com Galhardo, aos 42. Mesmo com um jogador a menos na etapa final (Palacios foi expulso), o Colorado continuou melhor e conseguiu o 4º gol com Yuri Alberto. Com o resultado, o Internacional agora soma 3 pontos e assume a liderança do Grupo B por causa do saldo de gols. O Táchira também soma 3 pontos, mas agora foi para o 3º lugar, pois seu saldo de gols negativo.

A segunda rodada do Grupo B será encerrada amanhã. O Olimpia pega o Always Ready, às 23h, no estádio Defensores Del Chaco. Na 3ª rodada, o Internacional recebe o Olimpia no Beira-Rio, às 21h, dia 05 de maio. O Táchira enfrenta o Always Ready, dia 06 de maio, às 19h, no Hernando Siles.

A PARTIDA

UM PRIMEIRO TEMPO FULMINANTE DO INTER

A etapa inicial foi toda do Internacional. Os comandados de Miguel Ángel Ramírez foram para cima do Táchira e logo aos 19 minutos conseguiram o primeiro gol. Rodinei bateu escanteio, Victor Cuesta subiu mais que todo mundo e abriu o marcador: 1 a 0. O segundo gol não demorou a sair. Aos 23, após bate-rebate, a bola sobrou para Patrick limpar e fazer: 2 a 0. O Táchira até teve oportunidade para diminuir o placar ao longo do primeiro tempo, mas acabou mesmo foi tomando o terceiro gol. Aos 42 minutos, Cuesta acertou um belo lançamento para Galhardo, que limpou a jogada e marcou mais um: 3 a 0.

COMEÇO DO SEGUNDO TEMPO COM INTER PRESSIONANDO, MAS COM PALACIOS EXPULSO

O Internacional não diminuiu o ritmo no segundo tempo e voltou em busca do quarto gol. Poderia ter saído aos 5 minutos. Edenilson passou para Patrick, que bateu forte, mas a bola explodiu no rosto do goleiro Varela e não entrou. Aos 11, o goleiro Varela voltou a salvar após cabeçada de Dourado. O 4º gol estava maduro, mas as coisas ficaram um pouco complicadas após a expulsão de Palacios, que tomou o segundo cartão após falta em Góndola.

COLORADO NÃO SE INTIMIDOU, FOI PARA CIMA E MATOU O JOGO

O Internacional poderia ter se retraído com a epulsão de Palacios, mas mesmo com um jogador a menos o Colorado foi para cima do Táchira, criou várias chances para ampliar o placar e conseguiu o seu objetivo aos 29. Maurício lançou Yuri Alberto, que partiu em velocidade e bateu na saída do goleiro Varela: 4 a 0. Por falar em Varela, o goleiro do Táchira ainda fez outras defesas que evitaram que o time venezuelano saísse do Beira-Rio com uma derrota ainda maior.

INTERNACIONAL 4 x 0 DEPORTIVO TÁCHIRA - 2ª RODADA DO GRUPO B -COPA LIBERTADORES DA AMÉRICA

Estádio: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 27 de abril de 2021, às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Andres Matonte (URU)
Assistentes: Horarco Ferreiro (URU) e Agustin Berisso (URU)
Cartões amarelos: Palacios, Patrick, Thiago Galhardo (INT), Camacho, Covea, Góndola (TAC)
Cartões vermelhos: Palacios (INT)
GOLS: Víctor Cuesta, 19'/1ºT, Patrick, 23'/1ºT, Thiago Galhardo, 42'/1ºT e Yuri Alberto, 29'/2ºT,

INTERNACIONAL (Técnico: Miguel Ángel Ramírez)

Marcelo Lomba; Rodinei (Heitor, 28'/2ºT), Zé Gabriel (Pedro Henrique, 37'/2ºT), Víctor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Edenílson (Nonato, aos 28'/2ºT), Maurício, Palacios e Patrick (Marcos Guilherme, no intervalo); Thiago Galhardo (Yuri Alberto, 19'/2ºT).

DEPORTIVO TÁCHIRA (Técnico: Juan Tolisano)

Varela; Camacho, Vivas, Trejo e Granados; Cova, Flores (Marlon Fernández, aos 30'/2ºT), Góndola (Yerson Chacón, aos 27'/2ºT) e Nelson Hernández (Velasco, aos 12'/2ºT); Edgar Pérez (Covea, no intervalo) Lucas Gómez (Angarita, aos 27'/2ºT).

Comentários