Prefeitos da Amures suplicam abertura da nova ala do Hospital Tereza Ramos, em Lages

Carta foi enviada ao Governador Carlos Moisés, pedindo pela abertura de novos leitos no novo prédio da unidade. 

Do LD
Lages/SC

Nova torre do Hospital Tereza Ramos, em Lages. (Foto: ARQUIVO / LD)

No final da tarde de ontem, segunda-feira (8), os prefeitos da Associação dos Municípios da Região Serrana (Amures) enviaram ao governador Carlos Moisés (PSL), um documento suplicando pela abertura da nova ala do Hospital Tereza Ramos, em Lages.


A decisão por encaminhar esse pedido foi definido em assembleia geral realizada durante a manhã, onde também foi definido por medidas mais restritivas, mas não o lockdown adotado em Lages, e também definiram sobre esse pedido ao governo estadual para a abertura da nova ala do hospital em meio ao colapso da Saúde na região e em várias outras regiões de Santa Catarina. 

Para o prefeito de Correia Pinto, Edilson Germiniani dos Santos, a cidade está atendendo em média 80 pessoas por dia no hospital do município e é inadmissível pessoas morrendo na fila de espera enquanto há um hospital sem funcionar.
"Já tivemos 30 óbitos e uma pessoa morreu neste domingo, por não ter para onde levar, tendo um imenso hospital sem funcionar aqui em Lages"

Edilson Germiani dos Santos, prefeito de Correia Pinto

No documento, os gestores municipais admitem estar perdendo a "batalha" para a pandemia, especialmente pela falta de leitos de UTI/Covid.

Segundo o último boletim epidemiológico divulgado pelo Governo do Estado, haviam apenas 11 leitos de UTI livres em todo o Estado. Já no boletim divulgado às 23h30 desta segunda-feira pela Secretaria Municipal de Saúde de Lages, a taxa de ocupação dos leitos de UTI/Covid continuava em 100% e os de enfermaria estava em 89%. 

Confira na íntegra a carta enviada ao governador Carlos Moisés

"Senhor Governador, 

Ao cumprimentá-lo cordialmente, vimos através deste, em nome dos Prefeitos que compõem a Associação dos Municípios da Região Serrana — AMURES, após a deliberação da Assembleia Extraordinária, realizada em 08 de março de 2021, suplicar e pedir que Vossa Excelência se compadeça com o sofrimento de milhares de famílias catarinenses e de forma imediata, determine a abertura da nova ala e de novos leitos no Hospital Tereza Ramos, diante da situação de colapso da estrutura existente, decorrente da pandemia do COVID-19. 

A medida requerida, visa amenizar o sofrimento do povo serrano, que infelizmente tem perdido a batalha contra o terrível vírus, diante da falta de leitos de UTI. 

Esperamos que Vossa Excelência, compaixão e sensibilidade, especialmente diante desta pandemia que abala o mundo todo. 

Atenciosamente

Tito Pereira Freitas
Presidente da AMURES"

Comentários

  1. De que adianta abrir a nova ala se não tem profissiinais para atender,e se por acaso abrir tem que dar prioridade primeiro para os moradores de Lages.

    ResponderExcluir

Postar um comentário