Pela quinta semana consecutiva, Mapa de Risco traz todas as regiões de Santa Catarina no nível gravíssimo

Houve uma piora no quadro, pois três regiões apresentaram nota máxima em todos os quesitos analisados, contra apenas uma registrada no mapa de risco da semana passada. 

Do LD
Lages/SC

Foto: SES

O Governo do Estado, através da Secretaria da Saúde divulgou neste sábado (27), a atualização semanal do Mapa de Risco Potencial em relação à Covid-19, e pela quinta semana consecutiva, todas as 16 regiões do Estado estão no nível gravíssimo representadas pela cor vermelha no mapa. Destas, três regiões receberam nota máxima em todos os quesitos, o que significa uma piora da situação em relação a semana passada quando apenas uma região estava com nota máxima em todos os quesitos avaliados.


A Serra Catarinense continua no nível gravíssimo, recebendo nota máxima (4,0) no evento sentinela, monitoramento e capacidade de atenção, e no quesito transmissibilidade recebeu nota 3,0. 

Segundo a cientista de dados Bianca Vieira, a situação é mais delicada nesta semana em relação a semana passada. "De uma maneira geral, houve uma piora nos indicadores, principalmente no monitoramento e na transmissibilidade", destaca. 

As três regiões que receberam nota máxima em todos os quesitos analisados foram: Alto Vale do Itajaí, Foz do Rio Itajaí e Planalto Norte. Já as regiões do Alto Uruguai Catarinense, Grande Oeste, Extremo Oeste e Xanxerê, apresentaram o índice de transmissibilidade menor com 2,5. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog