Deliberações do Comitê de Gerenciamento da Pandemia Covid-19 na Educação

A condução do encontro foi realizada pela professora Ivana Michaltchuk, secretária municipal da educação e presidente do comitê municipal. 

Por GUSTAVO CEZAR WALTRICK da ASCOM SMEL
Florianópolis/SC

Foto: SMEL / DIVULGAÇÃO

O Comitê Municipal de Gerenciamento da Pandemia COVID-19, reuniu-se na manhã desta quarta-feira, 31 de março, por meio de videoconferência para deliberações acerca de ações em relação a educação na cidade de Lages. A condução do encontro foi realizada pela professora Ivana Michaltchuk, secretária municipal da educação e presidente do comitê municipal.


O comitê municipal tem atribuições relacionadas às medidas do enfrentamento da pandemia da COVID-19 no município de Lages, determinando ações, providências e orientações acerca das atividades pedagógicas nos sistemas de educação públicos (municipais e estaduais) e privados. Na reunião realizada nesta quarta, houve a deliberação para a criação de duas comissões internas.  A primeira delas, para tratar da organização do checklist de informações e medidas para a fiscalização dos planos de contingências (PlanCon-EDU/COVID-19) elaborados por todas as unidades de ensino da cidade de Lages pelo comitê municipal de gerenciamento da pandemia COVID-19.

Já a segunda comissão, trata da análise da responsabilidade jurídica do comitê para fiscalizar os planos de contingência elaborados pelas instituições de ensino superior e das entidades que ofertam cursos livres em nosso município. Desse modo, os membros do comitê deliberaram pelo levantamento das informações e peculiaridades que essas instituições possuem no intuito de atender aos regramentos determinados pelas diretrizes estaduais quanto ao enfrentamento da pandemia e avaliação dos planos dessas entidades e posterior homologação pelo comitê municipal.

O secretário municipal da saúde, Claiton Camargo de Souza, membro deste comitê, em sua contribuição para o encontro, pontuou a respeito da necessidade da orientação quanto aos protocolos sanitários de enfrentamento da pandemia para a população lageana, e em relação aos potenciais riscos de contaminação para os próximos dias por conta do feriado da páscoa. Salientou ainda, que no mês de março houve um exponencial aumento nos índices de contaminação da COVID-19 em nosso município, sendo destacado o aumento dos casos entre as crianças/adolescentes, entre 0 a 9 anos de cerca de 64% e na faixa etária de 10 a 19 anos de aproximadamente 46%.

A constante atenção aos protocolos sanitários e o cumprimento das orientações e medidas indicadas pelas autoridades de saúde precisam estar presentes nos planos de contingência para garantir a diminuição de riscos de contaminação nas unidades de ensino. A proliferação da COVID-19 também deve ser combatida por meio do acesso às informações científicas e nesse sentido, o comitê municipal é favorável à divulgação de medidas e cuidados para a população lageana.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog