Decreto autoriza delivery em todas as atividades econômicas em Lages

Além disso, foi prorrogado a suspensão da cobrança do sistema do estacionamento rotativo até sexta-feira. 

Do LD
Lages/SC

Foto: TONINHO VIEIRA / ASCOM PML

O prefeito Antonio Ceron (PSD) ao determinar a prorrogação dos Decretos nº 19.100 e 19.102, através de um no Decreto 19.126 que determinam medidas mais restritivas em Lages visando a diminuição da disseminação do novo coronavírus (Covid-19) até a próxima sexta-feira, 19, também anunciou uma alteração em relação ao sistema de entregas a domicílio, os conhecidos deliverys


No decreto originalmente publicado, a atividade por delivery estava autorizada a apenas restaurantes e estabelecimentos de alimento, vestuário e medicamentos, mas na atualização desta segunda-feira (15), essa modalidade foi expandida para todas as atividades econômicas, as quais não estejam autorizadas a abrir suas portas ao público. 

Além dessa medida, com a prorrogação do lockdown em Lages, o sistema de Estacionamento Rotativo que voltaria a ter a cobrança nesta terça-feira (16), teve a cobrança adiada para o próximo sábado, dia 20. 

Segundo o decreto, a partir do sábado (20), Lages seguirá as regras definidas pelo Governo do Estado, ou seja, novamente pelo lockdown de algumas atividades consideradas não essenciais. 

Confira o que pode e o que não pode funcionar até a próxima sexta-feira (19):

Atividades liberadas
  • Serviços médicos e hospitalares, públicos e privados, em consultórios, clínicas e hospitais, incluindo todos os serviços de assistência à saúde;
  • Assistência social e atendimento à população em estado de vulnerabilidade;
  • Atividades de segurança pública e privada, incluídas a de vigilância, a guarda e a custódia de presos;
  • Atividades de defesa civil e obras públicas;
  • Transporte coletivo urbano, observada a lotação máxima de 50% da capacidade dos veículos.
  • Transporte de passageiros por táxi ou aplicativo;
  • Telecomunicações e internet;
  • Captação, tratamento e distribuição de água;
  • Captação e tratamento de esgoto;
  • Geração, transmissão e distribuição de energia elétrica, incluído o fornecimento de suprimentos para o funcionamento e a manutenção das centrais geradoras e dos sistemas de transmissão e distribuição de energia, além de produção, transporte e distribuição de gás natural;
  • Iluminação pública;
  • Produção, distribuição e comercialização de produtos de saúde, higiene, alimentos e bebidas;
  • Serviços funerários e aqueles que lhe dão suporte;
  • Guarda, uso e controle de substâncias radioativas, de equipamentos e de materiais nucleares;
  • Vigilância e certificações sanitárias e fitossanitárias;
  • Farmácias; produção, distribuição e comercialização de medicamentos, insumos e equipamentos médico-hospitalares;
  • Inspeção de alimentos, produtos e derivados de origem animal e vegetal;
  • Vigilância agropecuária;
  • Controle de tráfego aéreo ou terrestre;
  • Caixas bancários eletrônicos e outros serviços não presenciais de instituições financeiras;
  • Serviços postais;
  • Transporte e entrega de cargas em geral;
  • Serviços relacionados a tecnologia da informação e de processamento de dados, para suporte de outras atividades previstas neste decretoe call center;
  • Fiscalização tributária e aduaneira;
  • Atividades do Poder Judiciário, do Ministério Público e das forças de segurança pública;
  • Atividades do serviço público municipal conforme ato próprio;
  • Fiscalização ambiental;
  • Postos de combustíveis, distribuição e comercialização, gás e demais derivados de petróleo;
  • Levantamento e análise de dados geológicos com vistas a garantir a segurança coletiva, notadamente por meio de alerta de riscos naturais, cheias e inundações;
  • Clínicas veterinárias e casas agropecuárias;
  • Atividades de advogados e contadores que não puderem ser prestadas por meio de trabalho remoto;
  • Atividades da imprensa;
  • Fretamento para transporte de funcionários das empresas e indústrias cujas atividades estão autorizadas;
  • Distribuição de encomendas e cargas;
  • Coleta de resíduos sólidos e líquidos urbanos;
  • Serviços de guincho;
  • Manutenção de elevadores;
  • Atividades industriais;
  • Obras da construção civil;
  • Oficinas de reparação de veículos automotores, bicicletas, borracharias e /ou autoelétrica, em regime de urgência e emergência, em caráter de plantão;
  • Hotéis e congêneres conforme a capacidade permitida pelas Portarias estaduais;
  • Atividade física individual ao ar livre (caminhada, corrida, ciclismo);
  • Tabelionatos de Notas e Protestos e Cartórios de Registro Civil e de Imóveis;
  • Detran/SC, conforme agendamento;
  • Todos os serviços previamente agendados no INSS,
  • Assistência técnica, em regime de plantão;
  • Empresas de reciclagem;
  • Casas lotéricas, limitando a 50% da capacidade do estabelecimento e rigorosamente as normas de distanciamento e as sanitárias;
  • Lavações automotivas;
  • Estacionamentos rotativos particulares;
Atividades suspensas:
  • Atividades esportivas de caráter recreativo;
  • Eventos e competições esportivas de caráter amador, profissional incluído treinos;
  • Casas noturnas (pubs, bailões, boates, tabacarias e congêneres);
  • Restaurantes, bares, petiscarias, choperias, cervejarias, whiskerias, locais destinados a happy hours e congêneres;
  • Clubes, sedes sociais, campings e parques aquáticos;
  • Eventos sociais (casamentos, aniversários, jantares, bodas, formaturas, batizados, festas infantis e outros eventos afins);
  • Cinemas e teatros;
  • Apresentações artísticas de qualquer natureza (atração musical mecânica ou ao vivo);
  • Atividades religiosas presenciais em templos e igrejas;
  • Congressos, feiras e exposições;
  • Feiras livres;
  • Reuniões familiares em residências, sítios e áreas comuns de condomínios, em que se constate a presença de pessoas não pertencentes ao núcleo familiar residente no local;
  • Academias de atividades físicas em geral, escolinhas de esportes e centros de treinamento;
  • Comércio varejista de bebidas alcoólicas, após as 22hs;
  • Shopping center e lojas de departamentos, ainda que disponham de gêneros alimentícios;
  • Restaurantes e lanchonetes estabelecidos no interior de outros estabelecimentos, em que funcionem como praças de alimentação;
  • Autoescolas;
  • Salão de beleza, barbearias e afins;

Comentários