Prefeito Ceron faz leitura da mensagem do Executivo na primeira sessão do exercício 2021 da Câmara dos Vereadores

Prefeito Ceron fez uma análise da situação financeira do município, onde destacou o desafio de colocar o caixa em dia, e informou, que a princípio o desmembramento da Secretaria de Planejamento e Obras e o da Habitação ficará para uma outra oportunidade. 

Lages/SC

Foto: GREIK PACHECO / ASCOM PML

O prefeito Antonio Ceron (PSD) como rege a Lei Orgânica do Município e o Regimento Interno da Câmara dos Vereadores, esteve presente na Câmara no início da noite desta segunda-feira (1º) para fazer a leitura da mensagem do Executivo na primeira sessão do exercício 2021 da 19ª legislatura da Câmara dos Vereadores. 


Na mensagem, o prefeito destacou o processo eleitoral do dia 15 de novembro, na qual, saiu vencedor por uma diferença de 56 votos em relação à segunda colocada, a candidata e deputada federal Carmen Zanotto (Cidadania).

Além disso, Ceron afirmou que este ano será um ano diferente, um ano de cura, através da vacinação, após um 2020 marcado pelos desafios impostos por conta da pandemia do novo coronavírus. 

Caixa em dia

O prefeito salientou que o maior desafio foi colocar o caixa em dia, sendo pagos R$ 84 milhões em dívidas, porém destacou que no último dia 10 de janeiro, a Tesouraria da Prefeitura de Lages não tinha nenhuma dívida vencida, e fez uma análise de que a situação financeira do Município em sua gestão, classificando-a como exemplar em termos de Administração Pública. 

LagesPrevi

Sobre o LagesPrevi, o prefeito salientou que não existe "solução mágica e serão necessários sacrifícios" para tentar diminuir o buraco que o sistema de previdência do município causa todos os meses, já que a Prefeitura precisa injetar recursos para cobrir as despesas com os vencimentos dos inativos, e salientou que estão sendo feitos estudos para buscar uma solução antes que a dívida se torne impagável em um período de médio a longo prazo. 

Reforma administrativa

O prefeito destacou que a reforma administrativa que pretendia executar, ficará para uma próxima oportunidade em virtude da Lei 173. A reforma pretendia desmembrar as secretarias de Planejamento e Obras, e a da Assistência Social e Habitação. 

Dois vereadores saem do Legislativo e integram o Executivo

Os vereadores Álvaro Mondadori "Joinha" (Progressistas) se licencia da Câmara para assumir a Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Em seu lugar assume a vereadora Katsumi, suplente do Progressistas. Já na Secretaria de Assistência Social e Habitação assume o vereador Jean Pierre (PSD), sendo que será substituído no Legislativo pelo suplente Ênio do Vime (PSD). 
Lages Diário

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog