Homem suspeito de matar mãe e irmã em Lages é preso em Palhoça, na Grande Florianópolis

Veículo que ele utilizou na fuga foi localizado pela Polícia Militar na BR-282. Ele tentou fugir e acabou colidindo o veículo. 

Lages/SC

Foto: Maurício Santos / AGÊNCIA LD

O principal e único suspeito da autoria do duplo feminicídio que chocou a comunidade serrana nesta quinta-feira (31) foi preso em flagrante em Palhoça, na Grande Florianópolis pela Polícia Militar após tentar fugir e vir colidir o veículo que utilizou para fugir do local do crime. Patrick Luís de Ávila Baccin, foi localizado após uma busca constante e massiva e o trabalho de inteligência das forças de segurança de Santa Catarina. 


O suspeito, de 31 anos, tem histórico de distúrbios mentais e nas redes sociais vinha postando mensagens enigmáticas onde dava a entender que algo de ruim pudesse ocorrer. 

Ele foi socorrido pelos policiais e depois foi encaminhado à Central de Polícia de Palhoça onde permanecia até a manhã desta sexta-feira (1º). 

O crime

Terezinha do Carmo de Ávila Baccin, de 62 anos, e Priscila de Ávila Baccin, de 36, foram encontradas mortas na residência da família no bairro Universitário, na região central de Lages, na Serra Catarinense, na manhã desta quinta-feira (31), com ferimentos de golpes de faca. O crime teria ocorrido no fim da noite do dia anterior. 

Após o crime, o suspeito Patrick Luís de Ávila Baccin, filho e irmão respectivamente das vítimas, fugiu com o carro da família por volta da meia-noite. 

A Polícia Militar e agentes da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Lages iniciaram os trabalhos de investigação e de buscas pelo suspeito, sendo o mesmo localizado na cidade da Grande Florianópolis. 
Lages Diário

Comentários