"Fui surpreendido pela falta de respeito", diz em nota vereador José Osni (Tio Zé) sobre polêmica envolvendo a eleição da presidência da Câmara

Na nota, vereador reafirmou que a escolha por seu nome para disputar a presidência da Câmara não teve a sua anuência. 

Lages/SC

Vereador José Osni, o Tio Zé, durante cerimônia de posse. (Foto: Nilton Wolff / CÂMARA DE LAGES)

O vereador José Osni, o "Tio Zé" (PODE) emitiu uma nota oficial no início da noite desta sexta-feira (1º) para esclarecer alguns pontos sobre a polêmica que envolveu o seu nome durante a eleição para a presidência e da Mesa Diretora da Câmara de Vereadores para o próximo biênio (2021-2022). Na nota ele afirma ter sido "surpreendido pela falta de respeito depois de uma decisão tomada" relacionada ao seu nome sem a sua anuência. (Leia a nota na íntegra ao final desta matéria). 


Na nota, o vereador afirma que não se sujeita a "ameaças e ordens absurdas" e que mesmo no início do mandato não se curva "a interesses partidários e asseguro aos meus eleitores e a comunidade em geral de que as críticas apenas demonstram a insatisfação de manipuladores que colocam o poder e a ganância acima de tudo", diz o vereador. 

Assim como disse na tribuna, o vereador reafirma na nota que a decisão pelo seu nome na cabeça da chapa não teve a sua anuência e que durante todo o processo de escolha houve ameaças. "Ameaças ocorreram durante todo o tempo em que o assunto esteve em pauta, mas não me fizeram mudar a linha de atuação, pois nunca me coloquei como candidato a presidente da Câmara e todos os envolvidos já tinham prévia ciência disso". 

Por fim, o vereador falou a respeito de ser situação ou oposição. O partido que ele está filiado é oposição à atual administração do prefeito Antonio Ceron (PSD). "Ser oposição ou situação não está diretamente ligado a eleição de presidente da Câmara e sim no fato de se posicionar no que é bom para a cidade. Serei vereador de todos, para representar e defender o que é certo", conclui. 

Entenda o caso

A polêmica ocorreu após o vereador Jair Junior (PODE) ter lido uma carta do presidente do Podemos em Lages, o ex-vereador Thiago Oliveira, na qual colocava o nome de José Osni como candidato a presidente pela oposição. No mesmo instante, o vereador José Osni foi à tribuna e afirmou que não era candidato, pedindo para retirar o seu nome já que não se sentia preparado e que já havia afirmado que não queria ser. 

A partir daí iniciou-se uma grande discussão sobre a validade da chapa devido a declinação de José Osni, após várias intervenções das duas chapas, o presidente em exercício da Câmara, vereador Heron de Souza (PSD), suspendeu a sessão para que a oposição substituísse o nome de José Osni na chapa inscrita, sendo indicado o nome de Nei Casa Nossa (PSL) como candidato e que acabou derrotado por Gerson dos Santos (PSD) pelo quesito idade após empatarem em 8 a 8. Gerson tem 49 anos e Nei tem 42. 

Confira a nota na íntegra do vereador José Osni 

"Nota oficial à imprensa e sociedade. 

O artigo 78 do regimento interno da Câmara de Vereadores de Lages, no Título III Cap. I trata do "exercício da vereança, onde assegura ao vereador pleno direito de participar e deliberar sobre assuntos e atribuições do cargo de legislador". 

Na primeira sessão do ano fui surpreendido pela falta de respeito depois de uma decisão tomada em relação a minha pessoa sem a minha anuência. Nunca tive a pretensão de ser presidente da câmara [sic] já no início do mandato, ou seja, uma decisão contrária iria ferir meus princípios. 

Pretendo me dedicar no mandato respeitando a individualidade e a liberdade de expressão, que são princípios previstos no estatuto do Partido (Podemos), pelo qual fui eleito. Tenho carinho e respeito pelas pessoas que fazem parte da sigla. 

Considero que a eleição da mesa diretora é uma manifestação individual dentro do exercício do mandato, não interferindo no interesse coletivo, não causando danos à população em geral, tendo em vista que cada um dos dezesseis (16) vereadores eleitos democraticamente pelo voto popular conquistou o direito de buscar ser presidente do Poder Legislativo ou não, eu preferi não ser neste momento, mas não posso ser julgado e condenado apenas pelo fato de não me sujeitar a ameaças e ordens absurdas que vão contra as minhas convicções, afinal não sou apegado ao poder. 

A divergência de ideias e a pluralidade política preservam a democracia.

Como vereador assumi o compromisso de um trabalho sério, honesto e transparente. Desta forma, respeitando o direito democrático fiz a minha escolha em relação à mesa diretora, penso que a experiência traz o preparo e capacita ao gestor da casa do povo realizar um bom trabalho e por entender não ser o momento para ocupar o cargo, declinei da indicação, não ferindo nenhum artigo e tampouco alguma lei. 

Estou no início do mandato, porém não me curvo a interesses partidários e asseguro aos meus eleitores e a comunidade em geral de que as críticas apenas demonstram a insatisfação de manipuladores que colocam o poder e a ganância acima de tudo, de que ameaças ocorreram durante todo o tempo em que o assunto esteve em pauta, mas não me fizeram mudar a linha de atuação, pois nunca me coloquei como candidato a presidente da câmara [sic] e todos os envolvidos já tinham prévia ciência disso. 

A comunidade Lageana espera e merece que os vereadores apoiem e apresentem projetos que contemplem seus anseios para o bem da coletividade, com empenho e dedicação de cada um de seus representantes, seja ele membro ou não da mesa diretora, o vereador é servidor do povo. 

Pelos próximos quatro anos, serei um dos dezesseis (16) representantes de toda a população, farei de tudo para honrar cada um dos cidadãos Lageanos, o julgamento será encima do trabalho prestado e de acordo com a convicção de quem nos confiou esta missão. 

Ser oposição ou situação não está diretamente ligado a eleição de presidente da câmara [sic] e sim no fato de se posicionar no que é bom para a cidade. Serei vereador de todos, para representar e defender o que é certo. 

Este é meu Compromisso!"


Lages Diário

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Empresário Lucas De Zorzi morre em acidente no Cânion Espraiado em Urubici

Acidente entre carro e trator deixa três pessoas feridas em Palmeira