Unidade fabril da Berneck em Lages deverá produzir a primeira chapa em outubro de 2021

De acordo com a empresa, o projeto da implantação da unidade fabril já está com 40 a 50% concluídos. 

Lages/SC

Foto: Equipe Projeto Lages / Divulgação

O ritmo é acelerado no canteiro de obras no terreno de onde está sendo levantada a unidade fabril da Berneck, em Lages, às margens da BR-116, próximo a divisa com Capão Alto, na Serra Catarinense. Tanto é acelerado que já no próximo mês deve-se iniciar a montagem dos setores da fábrica e com a previsão de conclusão das obras civis no local serem encerradas em julho de 2021. 


Com cerca de 40 a 50% do projeto de implantação da unidade concluídos, segundo dados da empresa, a previsão é de que a primeira chapa produzida na fábrica deve ocorrer no final de outubro do próximo ano. 

"Entraremos na fase de montagem a partir de janeiro, que precisa ter continuidade"
Daniel Berneck, diretor industrial da Berneck.

Cerca de 400 pessoas trabalham no canteiro de obras atualmente entre funcionários das empresas terceirizadas responsáveis pelas montagens da caldeira, e pelas obras de construção civil e terraplanagem, além de coordenadores de serviços da própria Berneck, mas seguindo os protocolos de saúde sanitária e trabalhando de forma alternada. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Fim de ano e ritmo das obras não devem diminuir

Normalmente, empresas de prestação de serviços em áreas de construção civil adotam regimes de férias coletivas na época de fim de ano, mas com o atraso no cronograma inicial por conta da pandemia, praticamente não haverá folga neste fim de ano no canteiro de obras, apenas nos dias 24 e 25 de dezembro, e 31 de dezembro e 1º de janeiro, é que os trabalhadores ganharão folga, tudo para tentar manter o mais próximo da expectativa de iniciar a operação da Berneck em Lages ainda em 2021. Além disso, na primeira quinzena de janeiro, o ritmo deverá ser ainda mais intensificado com o início da montagem de outros setores da unidade.

Mais detalhes sobre a fábrica 

Foto: Equipe Projeto Lages / Divulgação

A unidade de Lages será capaz de produzir até 570 mil metros cúbicos de MDF e 450 mil metros cúbicos de serrados por ano. Esse material produzido na nova unidade será destinada tanto para o mercado interno quanto para exportação. A estimativa é de que aproximadamente 500 carretas diárias, entre entrada de matérias-primas e insumos e saídas de produtos acabados. 

A previsão é de que a Berneck gere até 600 empregos diretos e mais de 1,5 mil indiretos, além de beneficiar na economia local seja com fornecedores, e também, com injeção alta na arrecadação com os impostos. 

Essa será a terceira unidade fabril da Berneck no Brasil, sendo uma em Araucária, no Paraná, sede da empresa, como também outra em Curitibanos, no Meio Oeste catarinense. 
Lages Diário

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog