Forças de segurança se unem para reduzir violência no trânsito em SC durante a temporada

A ação contará com a união da Polícia Militar Rodoviária (PMRv) e Polícia Rodoviária Federal (PRF) para garantir a segurança no trânsito nas rodovias estaduais e federais, além das vias nos municípios. 

Por GABRIELA FERRAREZ FIGUEIREDO da SECOM
Florianópolis/SC


As forças de segurança do Estado se preparam para o aumento no fluxo das estradas catarinenses durante a temporada. Por isso, a Polícia Militar  (PM), juntamente com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), irá conduzir a Operação Integrada Rodovida. A ação tem como objetivo integrar órgãos públicos federais, estaduais e municipais para reduzir a violência no trânsito. Lançada no último sábado, 19, a operação vai até o dia 21 de fevereiro de 2021, e abrange os feriados de Natal, Ano Novo e Carnaval.

Em Santa Catarina, apesar da pandemia causada pela Covid-19, a previsão é que o Estado deva ainda receber muitos turistas de outros estados e do exterior. O comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina, coronel Dionei Tonet, lembra alguns cuidados essenciais para garantir a segurança de todos os usuários. “A regra é sempre a mesma: se beber não dirija. Mantenha os cuidados de segurança para termos deslocamentos seguros. A ação integrada das forças de segurança permitirá que exista uma maior resposta na preservação da ordem e na proteção da vida”, ressalta.

A ação será feita em conjunto com as forças municipais, estaduais e federais; cada um dentro de sua área de atuação. O foco será na prevenção de condutas que aumentam o risco de acidentes graves ou que agravam lesões das vítimas, como ultrapassagens indevidas, excesso de velocidade, consumo de álcool e falta de equipamentos de segurança (capacete, cinto de segurança ou cadeirinhas para crianças).

Foto: PMSC / DIVULGAÇÃO

Recomendações aos viajantes:
  • Planejamento
O motorista deve se informar sobre as distâncias que percorrerá, condições do tempo, pontos de parada, existência de postos de combustíveis e de restaurantes à beira da estrada. Não esquecer documentação pessoal e do veículo
  • Revisão preventiva
Providenciar a checagem do automóvel: pneus calibrados e em bom estado; motor revisado, com óleo e nível da água do radiador em dia. Verificar os equipamentos de porte obrigatório, principalmente pneu estepe, macaco, triângulo e chave de roda, além dos limpadores de parabrisa e luzes do veículo
  • Pausas para descanso
O condutor deve programar paradas a cada três horas. Quem se expõe a muitas horas dirigindo fica sujeito ao fenômeno da “hipnose rodoviária”, na qual se mantém de olhos abertos, mas sem percepção da realidade a sua volta. Ela vem acompanhada de sonolência, perda de reflexos e de força motora.
  • Período noturno
Evitar circular à noite por conta da redução da visibilidade. Viaje de dia, de preferência de manhã bem cedo, quando já há luz do sol, a temperatura está agradável e as rodovias estão com menos movimento
  • Condições climáticas
Sob chuva ou cerração, imediatamente reduzir a velocidade e aumentar a distância em relação ao veículo que trafega à sua frente. Nestas condições o pavimento fica úmido e escorregadio, reduzindo a aderência dos pneus e elevando o risco de derrapagens e aquaplanagens após frenagens bruscas.

Foto: Maurício Santos / AGÊNCIA LD


Lages Diário

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Corpo do músico Guilherme Steffen é encontrado no Guará, em Lages

Inscrições para cursos técnicos gratuitos no IFSC de Lages estão abertas

Músico Guilherme Steffen continua desaparecido