Bolsonaro diz "não dou bola pra isso" sobre Brasil estar atrás na vacinação da população contra Covid-19

Declaração foi dada na manhã deste sábado (26) durante passeio por Brasília. 

Lages/SC

Foto: Marcello Casal Jr. / AGÊNCIA BRASIL

Durante um passeio realizado na manhã deste sábado, 26, por Brasília, no Distrito Federal, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse ao ser perguntado por jornalistas que não se sente pressionado pelo fato de outros países já terem começado a vacinar sua população contra o novo coronavírus e o Brasil ainda não, argumentando que "não dá bola pra isso". As informações são da Folha de S. Paulo
"Ninguém me pressiona pra nada, eu não dou bola pra isso. É razão, razoabilidade, é responsabilidade com o povo você não pode aplicar qualquer coisa no povo "
 Jair Bolsonaro, presidente do Brasil

O Brasil ainda não tem uma data definida para o início da vacinação. O que se tem até o momento é o Estado de São Paulo que anunciou que irá iniciar a vacinação no dia 25 de janeiro com doses da Coronavac - vacina desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, ligado ao governo paulista, mas que depende de autorização da Anvisa. 

Outros países como Reino Unido, Estados Unidos, México, Canadá, Israel, Rússia e Chile, por exemplo, já iniciaram a vacinação em sua população. 

Uma das justificativas do presidente para a demora  em um acordo com os laboratórios está nos termos destes laboratórios que, segundo o presidente, não se responsabilizariam em casos de efeitos colaterais adversos. 

"Tudo que eu vi até agora em vacina que poderão ser disponíveis tem uma cláusula que diz o seguinte, tá? Eles não se responsabilizam por qualquer efeito colateral ", disse.

Ao longo de todo o passeio que passou por diversas partes da capital federal, Jair Bolsonaro não utilizou máscara e gerou aglomerações. 

Situação no Brasil

Segundo o boletim atualizado pelo consórcio de veículos de imprensa formado pelos jornais Folha de S. Paulo, Estado de S. Paulo, O Globo, Extra e os portais G1 e UOL, atualizado às 13h deste sábado, mostra que o Brasil conta 7.450.581 casos confirmados, destes 190.568 vieram a óbito. 
Lages Diário

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog