UBSs terão importantes mudanças no atendimento a partir de segunda-feira (23)

Medida preventiva foi tomada com objetivo de reduzir a disseminação e contágio do novo Coronavírus (Covid-19), visto que nos últimos dias houve crescimento acentuado de novos casos da doença no município.  

Por FLÁVIO FERNANDES da ASCOM PML
Lages/SC



A Prefeitura de Lages, através da Secretaria Municipal da Saúde informa que, diante do expressivo aumento de casos confirmados do novo Coronavírus (Covid-19) e da rápida elevação dos índices de ocupação de leitos de enfermaria e UTI Covid, algumas medidas preventivas serão adotadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) para evitar a disseminação da doença.
 
Em menos de 24 horas, a taxa de ocupação de leitos de enfermaria Covid passou de 67% para 73% e a ocupação de leitos UTI Covid saltou de 64% para 80%. Já o Centro de Triagem da Covid-19 registrou somente na sexta-feira (20 de novembro), 486 atendimentos, a maior marca desde que a estrutura abriu as portas, em março deste ano. O que acende o sinal de alerta é a alta taxa de confirmações entre os pacientes que estão se dirigindo até o Centro de Triagem nos últimos dias.
 
Para evitar que esses números subam ainda mais, a partir de segunda-feira (23 de novembro) os atendimentos que estavam agendados nas Unidades Básicas de Saúde estarão suspensos, inicialmente por uma semana. As 27 UBS permanecerão abertas das 7h às 19h (sem fechar ao meio-dia), de segunda-feira a sexta-feira, exclusivamente para atendimentos de urgência e emergência, mediante protocolo de estratificação de risco.
 
A diretora de Atenção Básica, Francine Formiga, explica que os pacientes que estavam com procedimentos agendados, serão remarcados. “Vamos suspender temporariamente as consultas médicas e odontológicas, coleta de preventivo, testes rápidos de HIV, sífilis e hepatite. Nesses casos os profissionais das Unidades Básicas de Saúde, entrarão em contato com cada paciente que estava agendado, para informar, assim que possível, as novas datas de realização dos procedimentos”, esclarece. 
 
A exceção ficará para o grupo das gestantes, que continuarão tendo o acompanhamento das esquipes de saúde da família na UBS de referência. Já as visitas presenciais dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) também serão suspensas, mas os profissionais estarão em constante contato com os pacientes através do telefone.
 
Além de evitar a circulação de pessoas nas Unidades Básicas de Saúde, essa decisão foi tomada, tendo em vista que os profissionais das UBS permanecem realizando o monitoramento através do telefone, dos pacientes positivados e suspeitos da Covid-19. O Secretário Municipal da Saúde, Claiton Camargo de Souza ressalta que o número de pacientes monitorados em Lages está se aproximando de 2.500, o mais alto desde o surgimento da pandemia. “Importante esclarecer que os casos de urgência e emergência não ficarão sem atendimento. Vamos reorganizar os casos eletivos, não urgentes, e concentrar esforços das equipes das UBS nesse trabalho de monitoramento para evitar que a curva de contágio fique mais acentuada”, explica.
 
“Os atendimentos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24 Horas), Central de Vacinas, Policlínica Municipal, CAPS (II, AD e Infantil), CEASM e Cresça Melhor continuarão normalmente, respeitando as recomendações e protocolos de prevenção à Covid-19”, salienta o prefeito em exercício Juliano Polese.

  

Lages Diário

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’