Serra volta para o nível gravíssimo após três meses e medidas restritivas serão adotadas; confira as regras em Lages

Lages, principal cidade da região e que tem consequentemente o maior número de casos confirmados ultrapassou nesta quarta-feira, os 6 mil casos e continua com taxa de ocupação de leitos de UTI Covid em 100%.

Da AGÊNCIA LD
Lages/SC



O que os números da Covid-19 vinham mostrando nos últimos dias, ou seja, uma tendência de aumento, e com taxa de ocupação dos leitos de UTI Covid em 100% em Lages, era inevitável que a região da Serra Catarinense subisse de nível no mapa de risco do Governo do Estado e entrasse no nível gravíssimo, representado pela cor vermelha, e consequentemente, medidas mais restritivas deverão ser novamente implantadas pelo Município seguindo portarias do Governo do Estado. A última vez que a Serra tinha ficado no nível gravíssimo havia sido no mês de agosto.

::: Receba as notícias no seu Whatsapp. Clique aqui e inscreva-se
 
Com a entrada oficialmente nesta quarta-feira, 25, a Prefeitura de Lages divulgou as medidas restritivas que devem ser tomadas a partir deste momento, tentando visar a diminuição da subida do número de casos, internamentos, isolados, e claro, os óbitos. Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde de Lages, em uma semana houve um aumento de 22% de novos casos e também o número de casos ativos chegando a 1.390, o que representa um aumento de 146% em relação ao mesmo período da semana anterior.
 
A taxa de ocupação dos leitos de UTI Covid-19 nos dois hospitais de Lages, Hospital Tereza Ramos e Nossa Senhora dos Prazeres estão em 100%, além de 82% de ocupação nos leitos enfermaria Covid-19. No HTR houve o acréscimo de dois novos leitos e a expectativa é de que outros quatro sejam ativados até o final desta semana.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Centro de Triagem bate recorde de atendimentos
 
O Centro de Triagem da Covid-19 instalado no antigo prédio do Pronto Atendimento Tito Bianchini, no Centro de Lages, que vinha apresentando queda no número de atendimentos entre agosto e setembro, mostrou um aumento no final de outubro e entre o dia 1º até a última terça-feira (24) apresentou o maior número de atendimentos desde março quando a unidade foi implantada. Foram 7.480 atendimentos no local.
 
Fiscalização
 
O Município deverá intensificar a fiscalização no sentido de coibir condutas que aumentam os riscos de transmissão da Covid-19, além de pessoal em uma força tarefa com a parceria da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e voluntários locais, haverá fiscalização por terra e também pelo ar com a utilização de drones, em alguns locais que geralmente registram aglomerações, principalmente aos finais de semana, caso do Salto Caveiras, por exemplo.
 
Nesta quarta-feira, a Diretran colocou as viaturas dos agentes de trânsito circulando pelas ruas da cidade com mensagens de áudio em alto-falante alertando sobre o coronavírus.
 
Confira as regras 








Lages Diário

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Corpo do músico Guilherme Steffen é encontrado no Guará, em Lages

Inscrições para cursos técnicos gratuitos no IFSC de Lages estão abertas