Hamilton vence em Ímola, se aproxima do hepta e Mercedes vence Mundial de Construtores

Companheiro de Hamilton, Valtteri Bottas chega em segundo e Daniel Ricciardo, da Renault, fecha o pódio após um GP tumultuado.
 
Da AGÊNCIA LD
Lages/SC

Lewis Hamilton se aproxima do heptacampeonato. (Foto: Reuters)


O inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, não cansa de se superar e após ter se tornado o piloto com mais vitórias na Fórmula 1, o piloto ampliou esse número passando a 93 vitórias em Grandes Prêmios (GPs) neste domingo (1º) no tradicional circuito de Ímola, na Itália, no GP Emilia-Romagna, e se aproxima de igualar o recorde de Michael Schumacher, em número de títulos mundiais, e no próximo dia 15, pode também se tornar heptacampeão da categoria.

::: Receba as notícias do seu Whatsapp. Clique aqui e inscreva-se
 
O companheiro de equipe, Valtteri Bottas, chegou em segundo, e Daniel Ricciardo, da Renault, completou o pódio. Com a dobradinha da Mercedes, a equipe se sagrou heptacampeã consecutiva no mundial de construtores, quebrando o recorde de títulos consecutivos da Ferrari.
 
A corrida
 
Na largada, Lewis Hamilton que estava em segundo caiu para terceiro após Max Verstappen, da RBR, ultrapassá-lo, mas uma estratégia de adiar a entrada nos boxes para a troca de pneus acabou o beneficiando, já que os adversários à frente, Bottas e Verstappen acabaram entrando e ele seguiu na pista com bom estado dos pneus e a ajuda de um safety car virtual, parou nos boxes e conseguiu voltar à frente dos rivais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O holandês Max Verstappen acabou abandonando a corrida após o pneu estourar e parar na caixa brita. Hamilton conseguiu segurar o avanço do companheiro Valtteri Botas, e chegou a sua 93ª vitória na Fórmula 1. Com 85 pontos de vantagem em relação a Bottas, o inglês pode chegar no domingo, dia 15, no GP da Turquia, em Instambul, em terceiro lugar ou até mesmo em quarto, desde que some um ponto extra pela volta mais rápida, para se sagrar heptacampeão assim como Michael Schumacher.
 
Classificação final do GP de Emilia-Romagna, Itália
  1. Lewis Hamilton (Mercedes)
  2. Valtteri Bottas (Mercedes)
  3. Daniel Ricciardo (Renault)
  4. Daniil Kvyat (Alpha Tauri)
  5. Charles Leclerc (Ferrari)
  6. Sergio Perez (Racing Point)
  7. Carlos Sainz (McLaren)
  8. Lando Norris (McLaren)
  9. Kimi Raikkonen (Alfa Romeo)
  10. Antonio Giovanazzi (Alfa Romeo)
  11. Nicholas Latifi (Williams)
  12. Sebastian Vettel (Ferrari)
  13. Lance Stroll (Racing Point)
  14. Romain Grosjean (Haas)
  15. Alexander Albon (RBR)
NT. George Russell (Williams) 
NT. Max Verstappen (RBR)
NT. Kevin Magnussen (Haas)
NT. Esteban Ocon (Renault) 
NT. Pierry Gasly (Alpha Tauri)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’