Globo volta ao páreo e pode continuar com Fórmula 1 na próxima temporada

Emissora havia decidido por não renovar contrato, mas voltou atrás após a Rio Motorsports reincidir o contrato com a Liberty Media, dona da marca Fórmula 1.
 
Da AGÊNCIA LD
Lages/SC

Foto: Daimler / Divulgação


A Globo que havia anunciado que não pretendia renovar contrato para exibir a Fórmula 1 no Brasil, a partir da próxima temporada, voltou atrás e já admite estar negociando os direitos de transmissão com a Liberty Media, dona da principal categoria do automobilismo. A informação ocorre em meio à rescisão do contrato da Rio Motorsports – empresa que comprou os direitos e se tornou representante da Liberty no Brasil para negociar os direitos com outras emissoras e que havia se aproximado de fechar negócio com a TV Cultura. As informações são do UOL Esporte.

::: Receba as notícias no seu Whatsapp. Clique aqui e inscreva-se
 
Segundo o portal, a Rio Motorsports anunciou nesta quarta-feira (11) que reincidiu o contrato com a Liberty e justificou o rompimento por fatores relacionados à pandemia que ainda segue “incerto” devido à segunda onda do coronavírus na Europa. A empresa estava negociando com a TV Cultura de São Paulo, mas com o rompimento, a emissora pública também confirmou que não está mais participando das negociações pela F-1.
 
Negociação com a TV Cultura fez com que dona da F-1 não ficasse satisfeita
 
A Liberty teria ficado insatisfeita em saber que a Rio Motorsports estava negociando os direitos de transmissão com uma emissora que não tem grande alcance de público. Empresas que querem anunciar na categoria reclamaram que não haveria possibilidade de fazer investimento no Brasil se não tivessem exposição à altura na televisão.
 
O Brasil é a maior audiência global da Fórmula 1, e na atual temporada  representou 23,5% de toda a audiência da categoria no mundo.  
 
Caso consiga fechar acordo com a emissora carioca, a Fórmula 1 completaria 40 anos de transmissões no Brasil na próxima temporada. Os valores das negociações não vieram à tona, mas em 2019, a Globo havia oferecido cerca de US$ 20 milhões, mas a Liberty queria US$ 22 milhões por ano para a renovação.
Lages Diário

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enquete: participe e vote em quem você acha que será a rainha da Festa do Pinhão 2019

Lages a Nova Iorque com a Azul, a partir de junho

Internautas reagem a Mario Motta na bancada do ‘Jornal Nacional’